domingo, 9 de julho de 2017

CURSO CAPELANIA CRISTÃ – RIO DAS OSTRAS-RJ - 26/08/2017 - SÁBADO - DIA 26 DE AGOSTO DE 2017


CURSO CAPELANIA CRISTÃ – RIO DAS OSTRAS-RJ - 26/08/2017
33ª TURMA DE CAPELANIA



LOCAL: IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS SOCORRO URGENTE
Pastor Claudecir Ferreira
Pastora Gabriele Glória
RUA BOUGANVILLE, Nº101 
BAIRRO ANCORA - RIO DAS OSTRAS-RJ



DATA: 26 DE AGOSTO DE 2017 - SÁBADO
HORÁRIO: DAS 14 HORAS ÀS 22 HORAS
INVESTIMENTO: R$ 65,00
OBS. LEVAR UMA FOTO 3X4 / CÓPIA DO RG E CPF / SERÁ PREENCHIDA UMA FICHA DE MATRICULA NO DIA.



APOSTILA ENCADERNADA
DIPLOMA DE CAPELÃO
ATA NOMEAÇÃO CAPELÃO
CREDENCIAL DE CAPELÃO



DIDÁTICA:
- CAPELANIA HOSPITALAR
- CAPELANIA PRISIONAL (CARCERÁRIA)
- CAPELANIA MILITAR
- CAPELANIA ESCOLAR
- DEPENDENCIA QUIMICA



MINISTRANTE: Pr. Charles Maciel Vieira, D.Th.
CONTATO: (22) 99746-0635


Pr. Charles Maciel Vieira, D.Th.

terça-feira, 6 de junho de 2017

CURSO CAPELANIA CRISTÃ – RIO DAS OSTRAS-RJ - 08/07/2017 (DIA 08 DE JULHO DE 2017)


CURSO CAPELANIA CRISTÃ – RIO DAS OSTRAS-RJ - 08/07/2017
32ª TURMA DE CAPELANIA


LOCAL: IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS VITÓRIA EM CRISTO
Pastor Almir Arruda
RODOVIA AMARAL PEIXOTO, Nº4184 
CENTRO - RIO DAS OSTRAS-RJ


DATA: 08 DE JULHO DE 2017 - SÁBADO
HORÁRIO: DAS 14 HORAS ÀS 22 HORAS
INVESTIMENTO: R$ 65,00
OBS. LEVAR UMA FOTO 3X4 / CÓPIA DO RG E CPF / SERÁ PREENCHIDA UMA FICHA DE MATRICULA NO DIA.


APOSTILA ENCADERNADA
DIPLOMA DE CAPELÃO
ATA NOMEAÇÃO CAPELÃO
CREDENCIAL DE CAPELÃO


DIDÁTICA:
- CAPELANIA HOSPITALAR
- CAPELANIA PRISIONAL (CARCERÁRIA)
- CAPELANIA MILITAR
- CAPELANIA ESCOLAR
- DEPENDENCIA QUIMICA


MINISTRANTE: Pr. Charles Maciel Vieira, D.Th.
CONTATO: (22) 99746-0635


Pr. Charles Maciel Vieira, D.Th.

RIO QUEBAR - BIBLIA


  O rio Quebar foi um antigo canal de irrigação da antiga Meso-potâmia, situado a uma pequena distância do eufrates.

  Teria sido o lugar onde viveu o profeta Ezequiel correspondendo a um assentamento de exilados judeus conhecido como Tel-Abibe, na antiga região de Nipur, situada à sudeste da Babilônia.


Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Rio_Quebar

----------------------------------------------------------

  kē´bar (כּבר, kebhār; Χοβάρ, Chobár): [do babilônio, significando "Grande (Canal)"].

  “Rio” “na terra dos caldeus”, perto do qual os judeus da comunidade de Tel-Abibe foram exilados. (Ez 1:1-3; 3:15) Ao mencionar o rio Quebar, Ezequiel empregou o termo hebraico nahár (traduzido “rio”), pelo visto em seu sentido mais amplo, de modo a incluir os numerosos canais babilônicos que outrora cruzavam a fértil área entre os cursos inferiores dos rios Eufrates e Tigre. Tal emprego seria coerente com a correspondente palavra babilônica, que também descreve quer um rio, quer um canal.

  A localização exata do rio Quebar é desconhecida. Todavia, a maioria dos geógrafos bíblicos liga o rio Quebar com o Shatt en-Nil, que tem sido identificado com o naru Kabaru (ou “Grande Canal”) mencionado em tabuinhas cuneiformes de contrato encontradas na cidade de Nipur, cerca de 85 km ao SE de Babilônia. O Shatt en-Nil se separa do Eufrates acima de Babilônia e corre em direção ao SE, passando próximo a Nipur, para unir-se novamente ao Eufrates ao S de Ur, cerca de 240 km abaixo de Babilônia.

  Em 613 AEC, Tel-Abibe, próximo ao rio Quebar, foi o lugar da primeira visão registrada do profeta Ezequiel, cujos efeitos assombrosos perduraram sete dias, e de seu comissionamento como “vigia para a casa de Israel”. (Ez 1:1–3:21) Visões similares em ocasiões posteriores fizeram o profeta lembrar-se de sua experiência no rio Quebar. — Ez 10:15, 20, 22; 43:3.



Fonte: https://bibliotecabiblica.blogspot.com

terça-feira, 30 de maio de 2017

LIVROS TEOLÓGICOS RECOMENDADOS

Recomendo aos estudantes, seminaristas, teólogos, e obreiros em geral, a compra dos livros, conforme imagem abaixo. Compre sem medo, e viva a realidade da Palavra de Deus. 

Pr. Charles Maciel Vieira, D Th.
Ministério Palavra e Teologia











REFLEXÃO SOBRE A CULPA


"O lugar onde sofremos a aflição, ou a dor que nos foi imposta, o pedaço que foi arrancado, sem aviso, de forma brusca, arrebatando todos os nossos sentidos, tirando o nosso chão, socando nossos pensamentos, com a covardia do intelecto, com a bloqueio de nossas forças. A culpa é do corpo que não aguentou, da mente que não soube suportar, e uma mágoa que fica corroendo, cortando, e dizendo para nós: "aponte essa culpa para Deus!", mas Deus não é culpado do coração parar de bater, do corpo entrar em colapso, de sermos magoados e maltratados. A herança vinda de Adão e Eva, através da desobediencia, fez entrar no mundo a maldade, a limitação humana, o caos. Então hoje, somente hoje, peço a Deus forças, para encarar de frente, onde surgiu a angustia, onde fui golpeado, onde caiu no chão o amor e agarrou-se em mim, a falta de perdão. Peço a Deus que me ensine a perdoar, que sejamos livres de uma culpa psicológica, que aflige a alma, mas que Jesus já a sofreu em meu lugar!" - Pr. Charles Maciel Vieira, D. Th.

domingo, 21 de maio de 2017

CURSO CAPELANIA CRISTÃ – RIO DAS OSTRAS-RJ - 27/05/2017


CURSO CAPELANIA CRISTÃ – RIO DAS OSTRAS-RJ - 27/05/2017
31ª TURMA DE CAPELANIA


LOCAL: IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS MINIST.SOCORRO URGENTE
Pastor Claudecir Ferreira
Pastora Gabriele Gloria
RUA BOUGANVILLE, Nº101 
ANCORA  - RIO DAS OSTRAS-RJ.


DATA: 27 DE MAIO DE 2017 - SÁBADO
HORÁRIO: DAS 14 HORAS ÀS 22 HORAS
INVESTIMENTO: R$ 65,00
OBS. LEVAR UMA FOTO 3X4 / CÓPIA DO RG E CPF / SERÁ PREENCHIDA UMA FICHA DE MATRICULA NO DIA.


APOSTILA ENCADERNADA
DIPLOMA DE CAPELÃO
ATA NOMEAÇÃO CAPELÃO
CREDENCIAL DE CAPELÃO


DIDÁTICA:
- CAPELANIA HOSPITALAR
- CAPELANIA PRISIONAL (CARCERÁRIA)
- CAPELANIA MILITAR
- CAPELANIA ESCOLAR
- DEPENDENCIA QUIMICA


MINISTRANTE: Pr. Charles Maciel Vieira, D.Th.
CONTATO: (22) 99746-0635


Pr. Charles Maciel Vieira, D.Th.


quinta-feira, 18 de maio de 2017

CURSO CAPELANIA CRISTÃ - MACAÉ-RJ - 20/05/2017



CURSO CAPELANIA CRISTÃ - MACAÉ-RJ - 20/05/2017
30ª TURMA DE CAPELANIA



LOCAL: IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS MISSÃO FRATERNAL
Pastor Eliseu Barcelos
Pastor Adilson Araújo
RUA MEDEIROS, Nº1031 
NOVA HOLANDA - MACAÉ-RJ.



DATA: 20 DE MAIO DE 2017 - SÁBADO
HORÁRIO: DAS 14 HORAS ÀS 22 HORAS
INVESTIMENTO: R$ 65,00
OBS. LEVAR UMA FOTO 3X4 / CÓPIA DO RG E CPF / SERÁ PREENCHIDA UMA FICHA DE MATRICULA NO DIA.



APOSTILA ENCADERNADA
DIPLOMA DE CAPELÃO
ATA NOMEAÇÃO CAPELÃO
CREDENCIAL DE CAPELÃO



DIDÁTICA:
- CAPELANIA HOSPITALAR
- CAPELANIA PRISIONAL (CARCERÁRIA)
- CAPELANIA MILITAR
- CAPELANIA ESCOLAR
- DEPENDENCIA QUIMICA



MINISTRANTE: Pr. Charles Maciel Vieira, D.Th.
CONTATO: (22) 99746-0635



Pr. Charles Maciel Vieira, D.Th.

terça-feira, 9 de maio de 2017

BIBLIOLOGIA - OS LIVROS ANTIGOS - PR. ANTONIO GILBERTO

  

  A Bíblia é um livro antigo. Os livros antigos tinham a forma de rolos (Jr 36.2). Eram feitos de papiro ou pergaminho. O papiro é uma planta aquática que cresce junto a rios, lagos e banhados, no Oriente Próximo, cuja entrecasca servia para escrever. Essa planta existe ainda hoje no Sudão, na Galiléia Superior e no vale de Sarom. As tiras extraídas do papiro eram coladas umas às outras até formarem um rolo de qualquer extensão. Este material gráfico primitivo é mencionado muitas vezes na Bíblia, exemplos: Êxodo 2.3; Jó 8.11; Isaías 18.2. Em certas versões da Bíblia, o papiro é mencionado como junco; de fato, é um tipo de junco de grandes proporções. De papiro, deriva-se a nossa palavra papel. Seu uso na escrita vem de 3.000 a.C.

  Pergaminho é pele de animais, cortida e polida, utilizada na escrita. É material gráfico melhor que o papiro. Seu uso é mais recente que o do papiro. Vem dos primórdios da Era Cristã, apesar de já ser conhecido antes. É também mencionado na Bíblia, como em 2 Timóteo 4.13.

  A Bíblia foi originalmente escrita em forma de rolo, sendo cada livro um rolo. Assim, vemos, que, a princípio, os livros sagrados não estavam unidos uns aos outros como os temos agora em nossas Bíblias. O que tornou isso possível foi a invenção do papel no Século II, pelos chineses, bem como a do prelo, de tipos móveis, inventada em 1450, pelo alemão Gutemberg. Até então era tudo manuscrito pelos escribas de modo laborioso, lento e oneroso. Quanto a este aspecto da difusão de sua Palavra, Deus tem abençoado maravilhosamente, de modo que hoje milhões de exemplares das Escrituras são impressos com rapidez e facilidade em muitos pontos do globo. Também, graças aos progressos alcançados no campo das invenções e da tecnologia, podemos hoje transportar com toda comodidade um exemplar da Bíblia, coisa impossível nos tempos primitivos. Ainda hoje, devido aos ritos tradicionais, os rolos sagrados das Escrituras hebraicas continuam em uso nas sinagogas judaicas.




FONTE: ANTONIO GILBERTO - A BÍBLIA ATRAVÉS DOS SÉCULOS (CPAD)


A NECESSIDADE DO ESTUDO DAS ESCRITURAS - BIBLIOLOGIA - pR. ANTONIO GILBERTO

  
  Isto está implícito em Salmo 119.130; Isaías 34.16; 2 Ti­móteo 2.15; 1 Pedro 3.15, e nos conduz a dois pontos de suma importância: a) porque devemos estudar a Bíblia, e b) como devemos estudar a Bíblia.

  Estudar é mais que ler; é aplicar a mente a um assunto, de modo sistemático e constante.

1. Porque devemos estudar a Bíblia

   a.  Ela é o único manual do crente na vida cristã e no trabalho do Senhor. O crente foi salvo para servir ao Senhor (Ef 2.10; 1 Pe 2.9). Sendo a Bíblia o livro texto do cristão, é importante que ele a maneje bem, para o fiel desempenho de sua missão (2 Tm 2.15). Um bom profissional sabe empregar com eficiência as ferramentas de seu ofício. Essa eficiência não é automática: vem pelo estudo e práti­ca. Assim deve ser o crente com relação ao seu manual - a Bíblia. Entre as promessas de Deus nesse sentido, temos uma muito maravilhosa em Isaías 55.11. Deus declara aí que sua Palavra não voltará vazia. Portanto, quando alguém toma tempo para estudar com propósito a Palavra de Deus, o efeito será glorioso quanto à edificação espiritual e ao engrandecimento do reino de Deus.

   b.  Ela alimenta nossas almas (Jr 15.16; Mt 4.4; 1 Pe 2.2). Não há dúvida de que o estudo da Palavra de Deus traz nutrição e crescimento espiritual. Ela é tão indispensável à alma, como o pão ao corpo. Nas passagens acima, ela é comparada ao alimento, porém, este só nutre o corpo quando é absorvido pelo organismo. O texto de 1 Pedro 2.2 fala do intenso apetite dos recém-nascidos; assim deve ser o nosso desejo pela Palavra. Bom apetite pela Bíblia é si­nal de saúde espiritual.

  Como está o seu apetite pela Bíblia, leitor?

   c.  Ela é o instrumento que o Espírito Santo usa (Ef 6.17). Se em nós houver abundância da Palavra de Deus. o Espírito Santo terá o instrumento com que operar. É preci­so, pois. meditar nela (Js 1.8; SI 1.2). Ê preciso deixar que ela domine todas as esferas da nossa vida. nossos pensa­mentos, nosso coração e, assim, molde todo o nosso viver diário. Em suma: precisamos ficar saturados da Palavra de Deus.

  Um requisito primordial para Deus responder às nossas orações é estarmos saturados da sua Palavra (Jo 15.7). Aqui está, em parte, a razão de muitas orações não serem respondidas: desinteresse pela Palavra de Deus. (Leia o texto outra vez.) Pelo menos três fatos estão implícitos aqui: a) Na oração precisamos apoiar nossa fé nas promes­sas de Deus, e essas promessas estão na Bíblia, b) Por sua vez, a Palavra de Deus produz fé em nós (Rm 10.17). c) De­vemos fazer nossas petições segundo a vontade de Deus (1 Jo 5.14), e um dos meios de saber-se a vontade de Deus é através da sua Palavra.

  Na vida cristã, e no trabalho do Senhor em geral, o Espírito Santo só nos lembrará o texto bíblico preciso, se de antemão o conhecermos (Jo 14.26). - É possível o leitor ser lembrado de algo que não sabe? Pense se é possível! Portanto, o Espírito Santo quer não somente encher o crente, mas também encontrar nele o instrumento com que operar     a Palavra de Deus.

  Ter o Espírito e não conhecer a Palavra, conduz ao fanatismo. Pessoas assim querem usar o Espírito em vez de Ele usá-las. Conhecer a Palavra e não ter o Espírito conduz ao formalismo. Estes dois extremos são igualmente perigosos.

   d. Ela enriquece espiritualmente a vida do cristão (SI 119.72). Essas riquezas vêm pela revelação do Espírito, primeiramente (Ef 1.17). O leitor que procurar entender a Bíblia somente através do intelecto, muito cedo desistirá do seu intento. Só o Espírito de Deus conhece as coisas de Deus (1 Co 2.10). Um renomado expositor cristão afirma que há 32.000 promessas na Bíblia toda! Pensai que fonte de riqueza há ali! Entre as riquezas derivadas da Bíblia es­tá a formação do caráter ideal, bem como a moldagem da vida cristã como um todo. É a-Bíblia a melhor diretriz de conduta humana; a melhor formadora do caráter. Os princípios que modelam nossa vida devem proceder dela.

  A falta de uma correta e pronta orientação espiritual dentro da Palavra de Deus. especialmente quanto a novos convertidos, tem resultado em inúmeras vidas desequilibradas, doentes pelo resto da existência. Essas, só um milagre de Deus pode reajustá-las. Pessoas assim, ferem-se a si mesmas e aos que as rodeiam.

  A Bíblia é a revelação de Deus à humanidade. Tudo que Deus tem para o homem e requer do homem, e tudo que o homem precisa saber espiritualmente da parte de Deus quanto à sua redenção, conduta cristã e felicidade eterna, está revelado na Bíblia. Deus não tem outra revela­ção escrita além da Bíblia. Tudo o que o homem tem a fa­zer é tomar o Livro e apropriar-se dele pela fé. O autor da Bíblia é Deus, seu real intérprete é o Espírito Santo, e seu tema central é o Senhor Jesus Cristo. O homem deve ler a Bíblia para ser sábio, crer na Bíblia para ser salvo, e prati­car a Bíblia para ser santo.

2. Como devemos estudar a Bíblia

          a.  Leia a Bíblia conhecendo seu autor. Isto é de supre­ma importância, é a melhor maneira de estudar a Bíblia. Ela é o único livro cujo autor está sempre presente quando é lida. O autor de um livro é a pessoa que melhor pode ex­plicá-lo. A Bíblia é um livro fácil e ao mesmo tempo difícil; simples e ao mesmo tempo complexo. Não basta apenas ler suas palavras e analisar suas declarações. Tudo isso é indispensável, mas não basta. É preciso conhecer e amar o Autor do Livro. Conhecendo o Autor, a compreensão será mais fácil.
Façamos como Maria, que aprendia aos pés do Mestre (Lc 10.39). Esse é ainda o melhor lugar para o aluno!

            b.  Leia a Bíblia diariamente (Dt 17.19). Esta regra é excelente. Presume-se que 90fr dos crentes não lêem a Bíblia diariamente: não é de admirar haver tantos crentes frios nas igrejas. Não somente frios mas anãos, raquíticos, mundanos, carnais, indiferentes. Sem crescimento espiri­tual, Deus não nos pode revelar suas verdades profundas (Mc 4.33; Jo 16.12; Hb 5.12). É de admirar haver pessoas na igreja que acham tempo para ler, ouvir e ver tudo, me­nos a Palavra de Deus. Motivo: Comem tanto outras coisas que perdem o apetite pelas coisas de Deus! É justo ler boas coisas, mas, é imprescindível tomar mais tempo com as Escrituras. É também de estarrecer o fato de que muitos líderes de igrejas não levam seus liderados a lerem a Bíblia. Não basta assistir aos cultos, ouvir sermões e teste­munhos, assistir a estudos bíblicos, ler boas obras de lite­ratura cristã: é preciso a leitura bíblica individual, pes­soal. Há crentes que só comem espiritualmente quando lhes dão comida na boca: é a colher do pastor, do professor da Escola Dominical, etc. Se ninguém lhes der comida eles morrerão de inanição.

          c.  Ler a Bíblia com a melhor atitude mental e espiri­tual. Isto é de capital importância para o êxito no estudo bíblico. A atitude correta é a seguinte: a) Estudar a Bíblia como a Palavra de Deus, e não como uma obra literária qualquer, b) Estudar a Bíblia com o coração, em atitude devocional, e não apenas com o intelecto. As riquezas da Bíblia são para os humildes que temem ao Senhor (Tg 1.21). Quanto maior for a nossa comunhão com Deus, mais humildes seremos. Os galhos mais carregados de frutos são os que mais abaixam! É preciso ler a Bíblia crendo, sem duvidar, em tudo que ela ensina, inclusive no campo sobrenatural. A dúvida ou descrença, cega o leitor (Lc 24.25).

          d.  Leia a Bíblia com oração, devagar, meditando. As­sim fizeram os servos de Deus no passado: Davi (SI 119.12,18); Daniel (Dn 9.21-23). O caminho ainda é o mes­mo. Na presença do Senhor em oração, as coisas incom­preensíveis são esclarecidas (SI 73.16,17). A meditação na Palavra aprofunda a sua compreensão. Muitos lêem a Bíblia somente para estabelecerem recordes de leitura. Ao ler a Bíblia, aplique-a primeiro a si próprio, irmão, senão não haverá virtude nenhuma.


          e.  Leia a Bíblia toda. Há uma riqueza insondável nisso! É a única maneira de conhecermos a verdade completa dos assuntos nela contidos, visto que a revelação de Deus que nela temos é progressiva. - Como o leitor pensa compreen­der um livro que ainda não leu do princípio ao fim? Mesmo lendo a Bíblia toda, não a entendemos completamente. Ela, sendo a Palavra de Deus, é infinita. Nem mesmo a mente de um gênio poderia interpretá-la sem erros. Não há no mundo ninguém que esgote a Bíblia. Todos somos sem­pre alunos (Dt 29.29; Rm 11.33,34; 1 Co 13.12). Portanto, na Bíblia há dificuldades, mas o problema é do lado huma­no. O Espírito Santo, que conhece as profundezas de Deus, pode ir revelando o conhecimento da verdade, à medida que buscamos a face de Deus e andamos mais perto dele. Amém.



FONTE: ANTONIO GILBERTO - A BÍBLIA ATRAVÉS DOS SÉCULOS (CPAD)