quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

O PÉ DE ZIMBRO



O zimbro, conhecido também como cedro, é uma planta perene predominantemente arbustiva de pequeno porte, mas com variedades que se desenvolvem em forma arbórea podendo atingir entre 2 a 7m, raramente mais do que isso.

O zimbro tem distribuição ampla, podendo ser encontrada em quase todas as regiões do hemisfério norte de clima temperado. A espécie tem preferência por lugares abertos, solo seco e terreno pedregoso. Também é capaz de se adaptar a condições adversas, crescendo em vertentes de colinas e terrenos montanhosos. É uma planta muito resistente, tolera solos pobres, sol, vento e altitudes elevadas, embora o seu crescimento seja bem lento. O zimbro pode viver até mais de 150 anos.


Fonte:  http://www.fitoterapicos.info/zimbro.php

O MILIONÁRIO, O CROCODILO E O MISERÁVEL


Um milionário promoveu uma festa em uma de suas mansões, e em determinado momento pediu que a música parasse e disse, olhando para a piscina onde cria crocodilos australianos:
— Quem pular na piscina, conseguir atravessá-la e sair vivo do outro lado ganhará todos os meus carros. Alguém se habilita?

Espantados, os convidados permanecem em silêncio e o milionário insiste:
— Quem pular na piscina, conseguir atravessá-la e sair vivo do outro lado ganhará meus carros e meus aviões. Alguém se habilita?

O silêncio impera e, mais uma vez, ele oferece:
— Quem pular na piscina, conseguir atravessá-la e sair vivo do outro lado ganhará meus carros, meus aviões e minhas mansões.

Neste momento, alguém salta na piscina.
A cena é impressionante. Luta intensa! O destemido se defende como pode, segura a boca dos crocodilos com pés e mãos, torce o rabo dos répteis, se debate... Nossa! Muita violência e emoção. Parecia filme do Crocodilo Dundee!

Após alguns minutos de terror e pânico, sai o corajoso homem, cheio de arranhões, hematomas e quase despido.

O milionário se aproxima, dá-lhe os parabéns e pergunta:
— Onde quer que lhe entregue os carros?
— Obrigado, mas não quero seus carros.

Surpreso, o milionário pergunta:
— E os aviões, onde quer que lhe entregue?
— Obrigado, mas não quero seus aviões.

Estranhando a reação do homem, o milionário pergunta:
— E as mansões?
— Eu tenho uma bela casa, não preciso das suas. Pode ficar com elas. Não quero nada que é seu.

Impressionado, o milionário insiste:
— Mas se você não quer nada do que ofereci, o que quer então?
E o homem respondeu irritado:
— ACHAR O MISERÁVEL QUE ME EMPURROU NA PISCINA!

Moral da História:
SOMOS CAPAZES DE REALIZAR MUITAS COISAS QUE POR VEZES NÓS MESMOS NÃO ACREDITAMOS, BASTA UM EMPURRÃOZINHO (AS VEZES DE UM MISERÁVEL).


Fonte:  Recebi pelo facebook

Estado Islâmico ameaça invadir Israel e transformar a Palestina num “cemitério” de judeus


O homem apontado como o principal líder do Estado Islâmico, Abu Bakr Al-Baghdadi, fez ameaças de atacar Israel através de uma gravação veiculada em perfis atrelados ao grupo extremista nas redes sociais.

As ameaças à nação israelense e ao povo judeu, como um todo, foram feitas através de áudio, e colocaram sob suspeita a especulação de que Baghdadi teria ficado gravemente ferido em um ataque aéreo à Síria meses atrás.

De acordo com informações do RT News, o líder terrorista prometeu tomar a cidade santa e transformar a região da Palestina em um cemitério de judeus.

Em sua fala, o líder do Estado Islâmico garante que as forças do grupo terrorista muçulmano estão cada vez mais próximas a Israel, e que o movimento de retorno dos judeus de outras nações ao país facilitaria a jihad.

Além de disparar ameaças a Israel, Al-Baghdadi também lançou críticas contra os governantes da Arábia Saudita, a quem ele se referiu como “tiranos apóstatas” devido ao seu recente posicionamento, convocando o povo muçulmano e outros países para formar uma coalizão islâmica contra os extremistas.


Ao final da gravação, o homem mais procurado do mundo afirmou que todos os esforços que os Estados Unidos e a Rússia têm feito são inúteis, pois fizeram o Estado Islâmico se tornar “mais fortes”.

Se a gravação de áudio for considerada uma fala autêntica de Abu Bakr Al-Baghdadi, essa será a primeira a primeira instrução que ele entregou aos seus seguidores nos últimos sete meses, de acordo com informações do Christian Post. A autenticidade da gravação também não foi verificada, pois nenhum veículo de comunicação teve acesso a quem a publicou, e as autoridades dos países envolvidos na luta contra o Estado Islâmico ainda não se pronunciaram.



Fonte:   http://noticias.gospelmais.com.br 

Achado arqueológico reforça narrativa bíblica sobre a expulsão de legião de demônios por Jesus

 

Arqueólogos descobriram uma laje de mármore raro perto do Mar da Galiléia, e a divulgação de alguns detalhes apontam para o episódio em que Jesus expulsou uma legião de demônios de um homem que vivia entre os túmulos para uma manada de porcos.

A narrativa dessa passagem do ministério de Jesus está no capítulo 8 do evangelho de Lucas. A antiga laje, datada de 1.500 anos, foi encontrada no local onde acredita-se que tenha sido uma sinagoga de Kursi, e contém inscrições em hebraico que inclui frases como “lembradas para sempre” e “Amém”.

De acordo com informações do site Noticias Cristianas, a pesquisa e escavação foi conduzida pelo doutor Haim Cohen e pelo professor Michal Artzy, da Universidade de Haifa, em cooperação com a Autoridade de Antiguidades de Israel e a Autoridade de Parques e Natureza.

Cohen afirmou que a descoberta é a prova de que havia um assentamento judeu ou cristão naquele sítio arqueológico: “A presença de um sítio judaico na costa oriental do Mar da Galiléia, é um fenômeno muito raro. Até agora não tínhamos nenhuma prova de que os assentamentos judaicos existiram durante este período ao longo da costa oriental do Mar da Galiléia”, disse.

O professor Artzy considera a descoberta um achado raro e fascinante. “A dedicação é composto por oito linhas, o que é muito detalhada e expansiva. Na maioria dos casos há muitas palavras em letras hebraicas gravadas na pedra, de modo que a pessoa a quem foi dedicado o registro deve ter tido uma enorme influência sobre a população local”, afirmou.


“Não há paralelo por tais achados arqueológicos em Israel tão detalhados até a data pesquisada”, acrescentou.

O achado, enfim, aponta para o ato de exorcismo feito por Jesus porque corrobora a narrativa de que havia judeus naquela região há milênios atrás. Os pesquisadores há muito acreditam que Kursi poderia ter sido o “país dos gadarenos”, a região costeira que é mencionada nas Escrituras.


Fonte:  http://noticias.gospelmais.com.br

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Em referendo, eslovenos recusam legalização do casamento gay; País tem maioria católica


A Eslovênia, um dos antigos países da União Soviética, recusou, através de referendo, a legalização do casamento gay no país.

Tida como uma das mais liberais sociedades oriundas dos antigos países socialistas, a população eslovena recusou a equalização das uniões homoafetivas ao casamento tradicional em votação realizada no último domingo, 20 de dezembro.

De acordo com informações do portal Terra, 63% dos cidadãos que foram às urnas votaram contra a proposta do governo para redefinir o casamento como a união de duas pessoas adultas, sem distinção de sexo.

A Comissão Eleitoral do país revelou que apenas 35,% dos eleitores compareceram, aproximadamente 370 mil pessoas. Predominantemente católica, a Eslovênia tem população de 2 milhões de habitantes, sendo que aproximadamente 1,7 milhão está habilitada a votar.

A decisão põe fim a uma discussão iniciada em março, quando o Parlamento havia aprovado uma lei que redefinia o casamento como “a união de dois adultos”, substituindo o entendimento atual, que afirma ser a “união de um homem e uma mulher”. Na prática, a lei concederia aos casais homossexuais os mesmos direitos de heterossexuais, incluindo a adoção de filhos.

Os católicos se engajaram na tarefa de derrubar a lei e iniciaram um movimento chamado “As Crianças Estão em Jogo”, e conseguiram reunir as 40 mil assinaturas necessárias para colocar a lei sob o crivo da população através de um referendo.

“Apagar o sexo da definição do casamento dá terreno para violações dos direitos humanos contra os nossos mais preciosos – nossas crianças”, afirmou Janez Jansa, ex-primeiro-ministro do país.

Essa é a segunda vez que os eslovenos rejeitam, em referendo, a legalização do casamento gay. Em 2012, a primeira tentativa nesse sentido também foi rejeitada.


Fonte:   http://noticias.gospelmais.com.br

Israel é o único país do Oriente Médio que protege cristãos dos radicais islâmicos, diz Netanyahu



O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou recentemente que Israel é o único país do Oriente Médio a proteger os cristãos da violência dos extremistas muçulmanos.

A afirmação foi feita, através de vídeo, durante um fórum dedicado a cristãos israelenses, e o líder político do país destacou que o número de cristãos sendo perseguidos e mortos por radicais islâmicos no Oriente Médio é escandaloso.

“Vocês sabem muito bem que a nossa região está em chamas e os cristãos no Iraque, na Síria e, infelizmente, sob a Autoridade Palestina, estão sofrendo muito por causa do Islã radical. Essas comunidades têm sido perseguidas, e, infelizmente, muitas pessoas perderam suas vidas por causa de sua fé”, disse Netanyahu, de acordo com informações do Christian Headlines.

A seguir, o primeiro-ministro lembrou que “radicais islâmicos não fazem qualquer diferença entre cristãos, judeus e muçulmanos que rejeitem seu extremismo”, o que, naturalmente, transforma a todos que se encaixem nessas descrições como inimigos: “São todos os infiéis que devem ser mortos”, disse, reproduzindo o pensamento dos radicais.

“Por isso, agora mais do que nunca, é claro que o único Estado do Oriente Médio que protege as minorias – onde os cristãos vivem em paz e onde a sua comunidade está crescendo – é o Estado de Israel”, frisou, antes de observar que o oposto acontece nas áreas sob administração da Autoridade Palestina, como a faixa de Gaza, por exemplo.

Atualmente, o governo israelense tem precisado lidar com confrontos entre judeus e muçulmanos no Monte do Templo, em Jerusalém, local onde está a mesquita Al-Aqsa, uma das três mais simbólicas para o islamismo, e onde, no passado, existia o Templo erguido pelo rei Salomão, como descrito na Bíblia Sagrada.



Fonte:   http://noticias.gospelmais.com.br

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Ex-muçulmano, pastor diz que postura da Igreja sobre o Estado Islâmico deve ser de “oração”


O Estado Islâmico alcançou uma posição de ser a preocupação de diversos países e grupos sociais, e um pastor, que se converteu ao Evangelho após abandonar o islamismo, pregou um sermão sobre qual a postura que a Igreja deve tomar a respeito do assunto.

No contexto em que como Igreja, todos nós cristãos somos parte da sociedade, o pastor Naeem Fazal, autor do livro “Ex-muçulmano”, ponderou que há apenas uma postura a ser tomada em relação aos grupos terroristas motivados pelo extremismo muçulmano.

“Como igreja, temos uma posição para tomar, e nenhuma outra entidade, nenhuma outra organização, clube ou comunidade, pode atuar nessa posição. Nós somos os únicos que podemos tomar esta posição e realmente fazer a diferença”, afirmou Fazal, que é pastor na Mosaic Church, em Charlotte, Carolina do Norte (EUA).

“E essa posição não é uma afirmação, ou uma ideia, ou uma solução. A posição é, na verdade, estar de joelhos fisicamente. Porque ninguém está ficando de joelhos. Ninguém mais está pensando dessa forma. Ninguém mais é chamado para fazer isso [orar]”, acrescentou o pastor.

O sermão, realizado uma semana após o atentado terrorista em San Bernardino, Califórnia, por um casal de muçulmanos admirador do Estado Islâmico, foi uma resposta ao estado de perplexidade dos fiéis, que o procuraram para saber “o que fazer para evitar outro 11 de setembro”.

Sobre esse temor coletivo, Fazal destacou que é importante se manter em oração, como recomenda a Bíblia, e citou a passagem de Daniel 10 para ilustrar a necessidade de ter paz interior para enfrentar os desafios: “A oração nos permite matar algumas coisas”, disse o pastor, incluindo “demônios interiores”, explicou. “Além disso, a oração pode trazer uma paz dentro de si mesma que isso ultrapasse o entendimento […] “colocando o Cristão em proteção sobrenatural”.

Ao final, o pastor destacou que “a oração é mais do que uma conversa”, e explicou: “Em Mateus 18, Jesus está dizendo que você tem o poder de oração para acessar e controlar as coisas que você não vê”, e, novamente, ilustrou uma hipótese: “[Através de sua oração Deus pode ] sobrenaturalmente mostrar-se a um homem-bomba e dizer: ‘Você não irá acabar com todas essas pessoas. Seu plano era matar milhares e milhares de pessoas’. É a oração da igreja que tem impedido milhares de mortes que os terroristas haviam planejado”, disse o pastor.

Em seu livro “Ex-muçulmano”, Fazal conta seu testemunho de conversão a partir de uma experiência sobrenatural que mudou o curso de sua vida. Paquistanês, ele foi criado no Kuwait e cresceu entre muçulmanos, vivendo a intensidade da Guerra do Golfo. Em 1992, ele imigrou para os Estados Unidos, onde se naturalizou norte-americano e conheceu o Evangelho.



Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br

Muçulmano que agredia a esposa cristã se converte após perder os movimentos e sonhar com Jesus


Um muçulmano se converteu ao Evangelho após agredir a esposa por ela ter abandonado a fé islâmica. Essa história, surpreendente e com dose extra de ação sobrenatural, exibe um resultado prático do poder de transformação da mensagem de Jesus.

O testemunho do casal Gulzhan e Elemes é mais um que apresenta o encontro de um muçulmano com Jesus através de sonhos. Ela, estudava a Bíblia Sagrada com uma colega de serviço, e resolveu entregar sua vida ao Nazareno, aceitando o Filho de Deus como Salvador após sonhar com Ele.

Elemes não aceitava que a esposa tivesse abandonado o islamismo, e todos os dias que a flagrava lendo a Bíblia, a espancava, para forçá-la a voltar à religião na qual foram criados. Certa noite de inverno, ao encontrar a esposa cantando louvores a Deus, resolveu surrá-la enquanto insultava Jesus com palavrões, e a expulsou de casa.

Gulzhan precisou passar a noite na neve, sem calçados ou roupas adequadas para aquele clima, de acordo com informações do Charisma News. Em paz, ela não se desesperou, e procurou abrigo cantando louvores: “Deus tinha enchido meu coração com o Seu Espírito e tanta alegria que eu simplesmente continuei cantando e não sentia frio enquanto eu procurava um lugar para ficar”, afirmou, em relato ao site Frontiers.

Quando seu marido deixou que ela voltasse para casa, ela não se livrou das agressões físicas e verbais. O que sustentava Gulzhan era a convicção de que havia sido aceita por Deus, e mesmo sabendo do que custaria, se mantinha lendo a Bíblia Sagrada diariamente.

O ponto de mudança da história aconteceu um ano após sua conversão, quando seu marido acordou, no meio da noite, aos berros: “Eu não consigo me mexer”, ele gritava. Quando Gulzhan conseguiu acalmá-lo, ele relatou que tinha tido um sonho, e que Deus havia se revelado a ele e dito que sua paralisia era uma lição por ter falado contra Jesus, da mesma forma que tinha acontecido com Saulo de Tarso na estrada de Damasco.

Mesmo assim, levou uma semana até que Elemes se desse conta de que tinha sido cruel e estava se apegando ao que havia aprendido durante toda a vida. Cansado da paralisia, ele pediu que a esposa convidasse outros cristãos para que orassem por ele.


Quando os fiéis chegaram ao local, disseram que sentiram a presença de Deus e oraram por Elemes, mas sua cura não foi imediata.

Ao longo dos dias, enquanto ia aprendendo mais sobre Jesus e a mensagem do Evangelho, Elemes ia livrando-se da paralisia em seus braços, e resolveu entregar sua vida para Cristo. Agora, liberto da raiva e do ódio, ele tem se dedicado a ajudar sua esposa a enfrentar as perseguições dos vizinhos, muçulmanos, e compartilhado a Palavra que transforma.



Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br

Perseguição religiosa: no México, evangélicos são presos por recusarem conversão ao catolicismo


A perseguição religiosa a evangélicos no México segue causando incidentes graves e movimentando entidades internacionais na defesa do direito à liberdade de crença. No capítulo mais recente, um grupo de evangélicos foi preso após se recusar a adotar a doutrina católica.

O caso foi registrado no estado de Chiapas, na última semana, quando sete evangélicos se recusaram a se converter ao catolicismo e foram presos pela polícia da cidade de Las Margaritas.

Autoridades estaduais e federais foram avisadas sobre o desrespeito à liberdade religiosa e das ameaças dos católicos de expulsarem os evangélicos da cidade de forma ilegal, mas se recusaram a inverter, de acordo com denúncia da ONG International Christian Concern.

De acordo com informações do site Charisma News, o conflito religioso na cidade é antigo, e a pequena comunidade evangélica vive sob hostilidade dos católicos no município.

A Federación Inter Americana de Juristas Cristianos (FIAJC) emitiu um parecer sobre a situação dos evangélicos no país latino da América do Norte: “Infelizmente, casos de intolerância religiosa e violações dos direitos civis básicos estão ocorrendo com frequência no México, onde os membros de religiões minoritárias são perseguidos pela religião predominante [catolicismo]. Eles sofrem, por exemplo, corte de energia e água, crianças são expulsas da escola e proibidos de enterrar seus mortos no cemitério público. Pouco pior é que o governo intervém nessas situações. A FIAJAC requer providências urgentes das autoridades locais para que o povo mexicano garanta a plena liberdade de expressar sua fé. Da mesma forma que está se disponibilizando para contribuir legalmente com as famílias presas”.


Em fevereiro de 2014, um grupo de evangélicos da região de San Cristobal de las Casas, no mesmo estado de Chiapas, viraram alvo de perseguição da maioria católica por não aceitarem contribuir financeiramente para a realização de festas católicas e tiveram os serviços de água e energia elétrica cortados.



Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br

CURSO CAPELANIA CRISTÃ - RIO DAS OSTRAS - RJ - 16/01/2016 - SÁBADO


CURSO CAPELANIA CRISTÃ - RIO DAS OSTRAS - RJ - 16/01/2016 - SÁBADO
DIA 16 DE JANEIRO DE 2016 - SÁBADO



LOCAL: MINISTÉRIO ÁGUAS VIVAS
PASTORA LÍDIA MENDONÇA
RUA ANTONIO APICELO, Nº 20
BAIRRO NOVA CIDADE - RIO DAS OSTRAS - RJ
(OBS. Próximo à Rodovia do Contorno)


DATA: 16 DE JANEIRO DE 2016 - SÁBADO
HORÁRIO: DAS 14 HORAS ÀS 22 HORAS
INVESTIMENTO: R$ 65,00
OBS. LEVAR UMA FOTO 3X4 / CÓPIA DO RG E CPF / SERÁ PREENCHIDA UMA FICHA DE MATRICULA NO DIA.


APOSTILA ENCADERNADA
DIPLOMA DE CAPELÃO
ATA NOMEAÇÃO CAPELÃO
CREDENCIAL DE CAPELÃO


DIDÁTICA:
- CAPELANIA HOSPITALAR
- CAPELANIA PRISIONAL (CARCERÁRIA)
- CAPELANIA MILITAR
- CAPELANIA ESCOLAR
- DEPENDENCIA QUIMICA


MINISTRANTE: Pr. Charles Maciel Vieira, Dr.Th.
CONTATO: (22) 9 9746-0635

domingo, 20 de dezembro de 2015

CONFERENCIA SEGREDOS DO CORAÇÃO - MACAÉ-RJ - PASTOR CHARLES MACIEL VIEIRA

O QUE HÁ DE MAIS PROFUNDO NO CORAÇÃO, NA ALMA, NO ESPÍRITO DO HOMEM? QUAIS SÃO OS SEGREDOS DO CORAÇÃO? O QUE A PALAVRA DE DEUS NOS DIZ? O QUE HÁ DENTRO DE VOCÊ? COMO FUNCIONA A AÇÃO ESPIRITUAL DENTRO DE VOCÊ? VENHA A ESTA CONFERENCIA SEGREDOS DO CORAÇÃO.


CONFERENCIA SEGREDOS DO CORAÇÃO

LOCAL:
IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS VOZ DA VERDADE
RUA CAETANO CORRÊA DOS REIS, Nº122
BARRA DE MACAÉ - MACAÉ-RJ

Conferência Segredos do Coração
Assembléia de Deus Voz da Verdade
Preletor- Pr. Charles Maciel Vieira
Preletor- Missª. Jaqueline Braga Maciel
Data 26 e 27 de Dezembro de 2016
Pr. Nadson Rejane Melissa Paiva

ESTAMOS NO FACEBOOK.COM - MINISTÉRIO PALAVRA E TEOLOGIA

Clique na imagem e curta nossa página.


sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

CAPA DA LIÇÕES BÍBLICAS 1ºTRIMESTRE DE 2016 COM CONTEÚDO MITOLÓGICO


Hoje eu adquiri a Revista da Escola Bíblica Dominical da CPAD - 1ºTrimestre de 2016

O conteúdo e didática é de excelência.

Site: http://www.cpad.com.br/licoes-biblicas-mestre-jovens-e-adultos-1-trimestre/p

Conforme o site, segue a descrição:

O currículo de Escola Dominical CPAD é um aprendizado que acompanha toda a família. A cada trimestre, um reforço espiritual para aqueles que desejam edificar suas vidas na Palavra de Deus. Neste 1º trimestre de 2016, estudaremos:

O Final de Todas as Coisas - Esperança e Glória para os Salvos
Comentário: Pr. Elinaldo Renovato de Lima

Sumário 
Lição 1 - Escatologia, o Estudo das Últimas Coisas
Lição 2 - Sinais que Antecedem a Volta de Cristo
Lição 3 - Esperando a Volta de Jesus
Lição 4 - Esteja Alerta e Vigilante, Jesus Voltará
Lição 5 - O Arrebatamento da Igreja
Lição 6 - O Tribunal de Cristo e os Galardões
Lição 7 - As Bodas do Cordeiro
Lição 8 - A Grande Tribulação
Lição 9 - A Vinda de Jesus em Glória
Lição 10 - Milênio - Um Tempo Glorioso para a Terra
Lição 11 - O Juízo Final
Lição 12 - Novos Céus e Nova Terra
Lição 13 - O Destino Final dos Mortos


Há alguns anos, a CPAD comunicou que não usaria mais imagens ou desenhos de personagens bíblicos na "capa" da revista Lições Bíblicas. Aprovado por todos a decisão.

Temos três Teólogos, nesta revista, para quem eu tiro o chapéu: Pr.Elinaldo Renovato (Comentarista), Pr. Antonio Gilberto e Pr. Claudionor Correia de Andrade (ambos da Consultoria Doutrinaria e Teológica).

Tem um cidadão que eu não conheço, mas não deve ser teólogo: Sr.Flamir Ambrósio (Projeto Gráfico, capa e diagramação).

Bem, como Teólogo eu não gostaria de ter o meu nome associado à capa desta revista do 1º Trimestre de 2016. Qual razão? um ser alado proveniente da Mitologia Greca-Romana, Pérsia, Assíria, Babilônica e Egípcia, entre outras. Como assim? Todo Teólogo sabe que os únicos seres angelicais com asas, que consta na Palavra de Deus (a Bíblia), são os Serafins e os Querubins (Seres Viventes). Na descrição bíblica não vemos seres angelicais com asas, a não ser os já citados. Faço meu elogio e também a minha crítica. Sou formador de opinião, e com certeza os alunos das Faculdades Teológicas onde dou aula, terão algo a mais para verificarem. Uma capa de revista que representa uma denominação espalhada Brasil a fora, e que não foi verificada pelos Teólogos. Deixaram escapar.


Na capa nós vemos claramente o ser angelical alado.



Vamos comparar o conhecimento.



Feme (Fama) ("voz dos deuses", "pressário", "rumor") (Mitologia Grega)


Feme (Fama) ("voz dos deuses", "pressário", "rumor") (Mitologia Grega)


Divindade grega Nice (Mitologia grega)



Nice de Cólquida (Geórgia) (Mitologia Grega)


Tânatos, deus da morte, retratado como um jovem alado (Mitologia Grega)




Éolo , deus dos ventos (Mitologia Grega)





Eósforo, o "portador da manhã ou Fósforo "portador da luz", chamado Lúcifer pelos romanos. (Mitologia Greco-Romana)




Vou parar por aqui. Nem postarei as imagens da Mitologia Asteca, Assíria, Babilônica, Egípcia e etc. Somente a Fama ou Feme lá em cima já foi o suficiente. Compare com a imagem da capa da revista.



Pr. Charles Maciel Vieira.


quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Estado Islâmico impõe “11 mandamentos” a cristãos que desejam sobreviver em áreas dominadas


O terrorismo imposto pelo Estado Islâmico na Síria tem, agora, uma lista de imposições aos cristãos de uma área invadida. Os jihadistas querem que os fiéis em Cristo sigam uma espécie de “11 mandamentos”.

Além do pagamento de impostos exclusivo para não-muçulmanos, os terroristas estabeleceram o que chamaram de “contrato de segurança” para que os fiéis não mortos indiscriminadamente.

Na lista de exigências, está a proibição da organização de cultos, organização de igrejas, exibição de cruzes e oração/cântico em voz alta (para que os muçulmanos não ouçam as preces). O documento diz que os cristãos não devem evangelizar muçulmanos, não vender carne de porco ou vinho para os muçulmanos, não portar armas e não se vestir de forma elegante.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos afirmou que os cristãos da cidade de Qaryatian receberam as ordens de Abu Bakr al_Baghdadi, que seria o principal líder do Estado Islâmico.

O ativista assírio-americano Nahren Anweya afirmou que a intenção dos terroristas é fazer com que, ao longo do tempo, a fé cristã sejam suprimida no Iraque e na Síria, países onde eles já dominam diversas cidades e vilarejos.

“Toda nossa terra ancestral foi completamente tomada e agora eles nem sequer nos permitem sustentar nossa fé em um só Deus e em seu filho, Jesus Cristo”, disse o ativista, em entrevista ao International Business Times. “Temos sido purgados de Mosul, Nínive, Khabour, Hassaka, Qaryatian e muito mais pátrias assírias ancestrais. Eles levaram nossas pátrias nativas, as nossas meninas, nossas igrejas e agora eles querem as poucas vidas que nos restam”, lamentou.

De acordo com um levantamento da organização International Christian Concern (ICC), restam, aproximadamente, apenas 250 cristãos ortodoxos em al Quaryatayn.

Esses “mandamentos” dos terroristas foram emitidos em diversas outras cidades que estão sob seu domínio, como Raqqa, segundo informações do Christian Post. Cristãos que conseguiram fugir dessa cidade dão conta de que não ficou nenhum seguidor de Jesus Cristo para trás, e que portanto, o Estado Islâmico conseguiu erradicar a fé cristã dessa cidade.

“A campanha dos extremistas para estabelecer seu Estado Islâmico e expulsar o cristianismo da Síria continua ampliando o sofrimento e provocando o deslocamento de milhares de cristãos, e mais de 12 milhões de sírios. Não haverá paz estável e duradoura na Síria até que os cidadãos de todas as religiões possam ser capazes de viver juntos, com todos os direitos protegidos”, disse Todd Daniels, representante do ICC no Oriente Médio.


Papa não tem medo do Estado Islâmico e se nega a usar colete à prova de balas, diz porta-voz


O papa Francisco decidiu que não vai se acovardar diante das ameaças do Estado Islâmico contra sua vida, e que, no dia 25 de dezembro, quando entregar a mensagem de Natal, chamada Urbi et Orbi, na Praça de São Pedro, vai fazê-lo normalmente.

O porta-voz do papa, padre Ciro Benedettini, disse que Francisco está ciente das ameaças feitas contra a sua vida feitas pelo Estado Islâmico, mas disse que ele “não tem medo” de radicais islâmicos e não usará um colete à prova de balas como vem sendo fortemente sugerido por seus assessores de segurança.

Em entrevista ao site Express, do Reino Unido, Benedettini afirmou que o Vaticano já reforçou a segurança policial após a divulgação do vídeo com as ameaças dos terroristas muçulmanos. A cidade de Roma, capital italiana, também está sob alerta, após o FBI repassar informações sobre um iminente atentado, similar ao ocorrido em Paris no dia 13 de novembro.

“O papa se recusa a mudar seu estilo de liderança descontraído não se importa com as ameaças do Estado Islâmico”, disse o porta-voz. “[Ele] sabe tudo [sobre as ameaças], mas ele não quer perder o contato com as pessoas […] É compreensível em sua posição, ele não querer usar um colete à prova de balas. Isto é ridículo ir ao altar com um [colete]. É compreensível, obviamente, que a polícia e a Gendarmerie queiram que o papa esteja mais protegido, mas é algo que não pode ser alterado”, acrescentou.

O porta-voz lembrou a recente viagem de Francisco à África, e disse que o pontífice se recusou a cancelar a visita ao continente mesmo com todos os alertas de risco: “Ele foi lá, ele não teve qualquer perigo, ele foi capaz de convidar o imã para vir com ele no papamóvel. Ele sabe tudo [sobre a alegada ameaça], obviamente, mas ele não está muito preocupado”, afirmou.


Na Síria, Estado Islâmico decapita homem vendado e pendura cadáver em posição de cruz


O Estado Islâmico divulgou novamente imagens da execução de um homem e a crucificação de seu cadáver. A barbárie teria sido levada a cabo na cidade síria de Deir ez-Zor, e os motivos que levaram à morte são um mistério, apesar da indicação de que se tratava de um cristão, devido à crucificação do corpo.

O homem foi decapitado vendado e algemado, e a imprensa internacional comparou o crime à amputação das mãos e pernas de uma suspeita de espionagem enquanto ela estava amarrada a uma cruz, no último mês de junho.

A divulgação das imagens, considerada uma peça de propaganda terrorista, aconteceu pouco mais de uma semana após a proibição da veiculação de vídeos das mortes, feita pelo líder do grupo, Abu Bakr Al-Baghdadi.

As fotos, no entanto, seguem uma sequência que se assemelha a um vídeo. A primeira, mostra o homem vendado, algemado e ajoelhado, enquanto a seguinte mostra o golpe fatal. A terceira já mostra seu corpo, sem vida, caído no chão.

Se isso não fosse suficientemente brutal, os terroristas depravados suspenderam o corpo do homem no ar pelos braços, simulando a posição de crucificação.

As imagens grotescas foram compartilhadas nas redes sociais sem nenhuma informação sobre os motivos da execução. Os analistas internacionais lembram que Abu Bakr al-Baghdadi proibiu os vídeos de execuções bárbaras porque ele estava “preocupado com a imagem do grupo” terrorista, e não queria ofender os muçulmanos que consideravam as filmagens assustadoras para crianças.

O grupo terrorista vem se mantendo no controle de áreas ocupadas na Síria e Iraque, apesar do bombardeio feito por uma coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos. Os ataques não são mais intensos pelo temor de que ocorram baixas civis.


Pastor auxilia vítimas do terrorismo do Estado Islâmico na Síria e evangeliza muçulmanos


Um pastor que atua sob suporte da Missão Portas Abertas na cidade de Aleppo, Síria, testemunhou a conversão de uma senhora que teve sua casa destruída pelo ataque dos extremistas muçulmanos do Estado Islâmico.

Samuel, que lidera uma denominação na cidade, revelou que uma mulher idosa sobreviveu ao ataque feito através de mísseis, mas perdeu tudo que tinha. E quando estava à beira do desespero, encontrou a igreja e recebeu ajuda.

Segundo informações da Portas Abertas, o pastor Samuel é um dos muitos pastores sírios que trabalham com ajuda da Missão, que envia a eles alimentos, kits de higiene, assistência médica e combustível.

De acordo com o pastor, a vida dessa senhora só foi salva por causa da presença da Igreja na cidade: “Uma senhora na casa dos setenta anos me procurou com lágrimas nos olhos, pedindo orientação e ajuda. Sua casa havia sido destruída e ela sobreviveu milagrosamente aos bombardeios. Um foguete atingiu o seu apartamento enquanto ela estava em casa. Graças a Deus, a mulher conseguiu sair ilesa, mas a casa ficou completamente destruída. Ela me pediu para ajudá-la a encontrar um lugar para viver. Depois de tentar acalmá-la, eu compartilhei com ela sobre a graça de Deus e sobre o milagre que ele realizou na sua vida. Eu falei como Deus trabalha de formas misteriosas e expliquei que ele está conosco o tempo todo”, relatou.

Após acalmá-la, o pastor passou a procurar uma forma de ajudar a idosa a encontrar um teto: “Juntos, encontramos uma solução para o seu problema de habitação. Ela concordou em morar com outra mulher da mesma faixa etária e que era sozinha. A mulher tinha me pedido várias vezes para encontrar alguém para ficar com ela e afirmou que não cobraria nada. Ela pediu apenas que a pessoa estivesse disposta a ajudá-la, porque ela estava doente. Depois de organizar a sua estadia, nós conseguimos encontrar roupas de segunda mão para ela vestir, bem como um pacote de alimentos e alguma ajuda financeira. Oramos juntos e agradecemos a Deus por suas providências. Os olhos da senhora ficaram novamente cheios de lágrimas. Quando ela chegou aqui, chorava sem esperança. Agora ela estava em lágrimas novamente, mas com lágrimas de gratidão”.

“Quando cheguei, estava em uma situação muito infeliz e pensando em acabar com a minha vida. Mas Deus me salvou através da igreja. Obrigado, Senhor”, agradeceu a idosa que recebeu ajuda.


CURSO ESPECIALISTA EM NATAL


Carga horária: 18 horas
Por: R$ 22,90 


Descrição

O Natal é uma data em que comemoramos o nascimento de Jesus Cristo. Na antiguidade, o Natal era comemorado em várias datas diferentes, pois não se sabia com exatidão a data do nascimento de Jesus. Foi somente no século IV que o 25 de dezembro foi estabelecido como data oficial de comemoração. Na Roma Antiga, o 25 de dezembro era a data em que os romanos comemoravam o início do inverno. Neste curso você aprenderá a definição e a história do Natal, no pré-cristianismo, no cristianismo, no relato bíblico; símbolos e tradições natalinas, decoração de natal, santa claus; o impacto econômico do Natal, criticas, como fazer uma ceia de natal, entre outros assuntos. São 180 páginas de curso.


  • Especialista em Natal
  • Introdução
  • Definição da palavra “Natal”
  • A História
  • Pré-cristianismo
  • Dies Natalis Solis Invicti
  • Festivais de inverno
  • Cristianismo
  • Anúncio do anjo Gabriel e nascimento de Jesus
  • A Estrela de Belém
  • Visita dos magos
  • Símbolos e Tradições
  • Decoração Natalina
  • História da Decoração Natalina
  • Músicas Natalinas
  • Amigo secreto ou oculto
  • Personagens Lendários
  • Impacto Econômico
  • Controvérsias e críticas
  • Véspera de Natal
  • Como fazer uma ceia de Natal econômica
  • Natal sustentável
  • Como fazer boas compras de Natal

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Primeira-ministra enxerga imigração como oportunidade para Alemanha voltar a estudar a Bíblia


A crise imigratória que tem obrigado a Europa a flexibilizar suas rígidas leis está sendo vista pela primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel, como uma oportunidade de reacender o interesse dos cidadãos europeus pela fé cristã.

Na última segunda-feira, 07 de dezembro, Merkel dirigiu-se aos membros de sua coalizão política para tranquiliza-los sobre a crescente entrada de imigrantes na Alemanha, que já beira um milhão de pessoas.

Durante sua fala, Merkel fez uma comparação com os “gastarbeiter” (“trabalhadores convidados”) que desembarcaram no país nas décadas do pós-guerra, e elencou as oportunidades que eles geraram para a economia do país.

Merkel aproveitou para sugerir que a atual imigração ”pode enriquecer a Alemanha para aprender mais sobre o cristianismo”, que prega a tolerância e a acolhida dos necessitados.

“Muitos de vocês têm experiências as quais não temos como oferecer”, disse ela aos gastarbeiter e seus descendentes. Boa parte são de origem muçulmana, vindos da Turquia e da região dos Bálcãs há 60 anos, como parte de um programa que impulsionou a força de trabalho da Alemanha Ocidental, transformando-a em uma sociedade mais plural e multiétnica.

Ela frisou que a contribuição cultural dos “gastarbeiter” tem sido um “bônus incrível” e os encorajou a guardar tradições: “Ninguém deve esquecer as suas raízes”.


Angela Merkel é filha de pastor e recentemente ressaltou sua fé ao lamentar que muitas crianças não saberiam responder o que foi o Pentecostes. No seu discurso de segunda-feira, ela chamou a atenção para o fato de que a presença dos imigrantes pode fazer os alemães voltarem a estudar a Bíblia.

“Se alguém tem de olhar novamente para a Bíblia, porque se fala com alguém sobre o alcorão – que não é uma coisa ruim – são os alemães, que não são tão bem versados na Bíblia como fazem parecer”, pontuou, ressaltando que “a curiosidade nos enriquece”.


Missão Portas Abertas acolhe centenas de mulheres resgatadas de cativeiro do Boko Haram


Um grupo de centenas de mulheres que haviam sido sequestradas pelo grupo extremista muçulmano Boko Haram foi resgatado pelo Exército da Nigéria e os missionários da Portas Abertas para prestar assistência social e psicológica a elas.

As mulheres eram mantidas em cativeiro na região do Sambisa, uma floresta no estado de Borno, nordeste da Nigéria.

De acordo com informações da Portas Abertas, os missionários viajaram para a cidade de Yola, no estado de Adamawapara, local para onde as mulheres foram levadas após serem resgatadas. Lá, os missionários ouviram relatos de violência extrema.

“As mulheres relataram que foram islamizadas à força e que foram obrigadas a se casar com os homens, enfrentando brutalidade constante e fome. A operação de resgate militar chegou muito depois de todo o sofrimento. Apesar de tudo, elas agradecem a Deus por estarem vivas”, afirmou um dos missionários que foram ao local.


Muitas das mulheres que haviam sido sequestradas eram cristãs, e após a libertação, passaram a expressar gratidão a Deus por ouvir suas orações e dar força para suportarem as dificuldades e abusos aos quais eram submetidas.

“Elas estão recebendo o tratamento adequado e todo o cuidado necessário. Faça parte desse trabalho orando por elas, agradeça a Deus pelo resgate milagroso e peça para que Deus as cure emocionalmente”, pediu o missionário, que é analista de perseguição religiosa da Portas Abertas.


Evangelista prega Jesus Cristo em Israel e mais de mil judeus se convertem ao Evangelho


Um judeu messiânico chamado Sid Roth promoveu um evento evangelístico em Tel Aviv, a capital administrativa de Israel, e levou a mensagem da graça a uma enorme, e mais de mil judeus presentes no evento se converteram ao Evangelho, reconhecendo Jesus como o Messias.

Roth é um famoso televangelista norte-americano, que mantém um programa de TV chamado It’s Supernatural (“É Sobrenatural”, na tradução livre). Segundo informações do site Charisma News, a mensagem foi pregada em inglês, com tradução simultânea para o russo.

Pessoas presentes no local ressaltaram que o ambiente após o apelo de Roth teve sua atmosfera transformada em algo comparável à narrativa do livro de Atos dos Apóstolos sobre o Dia de Pentecostes.

Especula-se que essa seja a maior conversão coletiva de judeus em quase dois mil anos após o evento que impulsionou a Igreja Primitiva e permitiu a fundação de outras igrejas em diversas cidades judias, romanas e gregas.

A Bíblia Sagrada menciona em I Coríntios 1:21-23 que os judeus exigem sinais para reconhecer a presença divina. Durante o evento, Roth orou pela cura física de pessoas presentes no evento que lidavam com problemas de saúde. Ao perguntar sobre quem havia sido curado, muitas pessoas ergueram as mãos.

Nesse momento, Roth fez o apelo, convidando os irmãos judeus a aceitarem Yeshua (Jesus) como o Messias e Senhor de suas vidas. A maior parte das pessoas no local fizeram o gesto de conversão.


As entidades que estudam a perseguição religiosa mundo afora apontam Israel como a nação onde há a maior estabilidade em relação ao assunto no Oriente Médio, mas ainda assim, os chamados “judeus messiânicos” – que são convertidos ao Evangelho e reconhecem Jesus como Salvador – enfrentam discriminação e ofensas. Dados do governo apontam que menos de 2% da população.

Agora, judeus messiânicos locais consagrados ao ministério pastoral acompanharão e farão o discipulado dos novos convertidos.


segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

O INCÊNDIO DE ROMA E A CULPA IMPOSTA AOS CRISTÃOS


Uma noite no mês de julho, no ano 64, os habitantes de Roma foram despertados do sono pelo grito de "Fogo!" Esta terrível palavra fez-se ouvir simultaneamente em diversas partes da cidade, e dentro de poucas horas a majestosa capital ficou envolvida em chamas. A grande arena situada entre os montes Palatino e Aventino, onde cabiam 150.000 pessoas, em pouco tempo estava ardendo, assim como a maior parte dos edifícios públicos, os monumentos, e casas particulares. 

O fogo continuou por espaço de nove dias, e Nero, por cujas ordens se tinha praticado este ato tão monstruoso, presenciou a cena da torre de Mecenas, onde manifestou o prazer que teve em ver a beleza do espetáculo, e, vestido como um ator, acompanhando-se com a música da sua lira, cantou o incêndio da antiga Tróia! 

O grande ódio que lhe votaram em conseqüência deste ato, envergonhou-o e tornou-o receoso; e com a atividade que lhe deu a sua consciência desassossegada, logo achou o meio de se livrar dessa situação. O rápido desenvolvimento do cristianismo já tinha levantado muitos inimigos contra essa nova doutrina. Muita gente havia em Roma que estava interessada na sua supressão - por isso não podia haver nada mais oportuno, e ao mesmo tempo mais simples para Nero, do que lançar a culpa do crime sobre os inofensivos cristãos. 

Tácito, um historiador pagão, que não era de modo algum favorável ao cristianismo, fala da conduta de Nero da seguinte maneira: 

"Nem os seus esforços, nem a sua generosidade para com o povo, nem as suas ofertas aos deuses, podiam pagar a infame acusação que pesava sobre ele de ter ordenado que se lançasse fogo à cidade. Portanto, para pôr termo a este boato, culpou do crime, e infligiu os mais cruéis castigos, a uns homens... a quem o vulgo chamava cristãos", e acrescenta: "quem lhes deu esse nome foi Cristo, a quem Pôncio Pilatos, procurador do imperador Tibério, deu a morte durante o reinado deste. 

"Esta superstição perniciosa, assim reprimida por algum tempo, rebentou de novo, e espalhou-se não só pela Judéia, onde o mal começara, mas também por Roma, para onde tudo quanto é mau na terra se encaminha e é praticado. Alguns que confessaram pertencer a essa seita foram os primeiros a ser presos; e em seguida, por informações destes prenderam mais uma grande multidão de pessoas, culpando-as, não tanto do crime de terem queimado Roma, mas de odiarem o gênero humano". 

É quase escusado dizer que os cristãos não nutriam ó-dio algum pela humanidade, mas sim pela terrível idolatria que prevalecia em todo o Império Romano; e só por este motivo eram considerados como inimigos da raça humana.


Fonte: História do Cristianismo - A. Knight & W. Anglin - CPAD

A ALMA SENTE DEUS


Um homem certa vez tentou zombar da idéia de Deus. Ele perguntou a seu vizinho crente se ele já havia visto Deus. O crente admitiu que não. Em seguida perguntou se ele havia ouvido a voz de Deus, ou sentido o gosto de Deus, ou mesmo o cheiro de Deus. O crente admitiu que ele nunca tinha percebido Deus através dos sentidos físicos. Em seguida o crente fechou a boca do ateu perguntando se ele já havia contado uma mentira. Quando admitiu que sim, o crente perguntou que sensação tal ato havia deixado. O ateu admitiu que fora uma sensação de culpa e desconforto. Esta sensação era o testemunho da consciência dizendo-lhe que Deus existia, o Doador da lei moral, a quem ele teria que prestar contas. O motivo de um homem pagar ou prestar serviço a um outro a quem ele ofendeu é aplacar a um Deus ofendido. Todo homem sente Deus a não ser que sua consciência tenha sido cauterizada. O ateu é o louco educado. Não há ateus teóricos entre os pagãos. Não existe ateu entre os demônios; eles crêem e estremecem. Tiago 2:19.


Fonte: A Doutrina de Deus - C. D. Cole

sábado, 5 de dezembro de 2015

OS LIVROS PERDIDOS DA BIBLIA


  QUERO DEIXAR CLARO QUE ESSA POSTAGEM NÃO ESTÁ APONTANDO PARA LIVROS APÓCRIFOS. O CÂNON SAGRADO JÁ ESTÁ FECHADO COM SEUS LIVROS INSPIRADOS POR DEUS. O TERMO "PERDIDO" REFERE-SE A LIVROS QUE NÃO ESTÃO NO CÂNON, POIS TAMBÉM NÃO FOI A VONTADE DIVINA QUE OS MESMOS ESTIVESSEM EM NOSSAS MÃOS.   (Pr. Charles Maciel Vieira, Dr.Th.)

_________________________________________________________

LIVROS PERDIDOS DA BIBLIA - Leia em seguida uma lista completa dos livros "perdidos" da Bíblia.  (No Velho Testamento)  1. Livro do Convênio (Êxodos 24:4, 7)  2. Livro das Guerras (Números 21:14)  3. Livro de Jasar (Josué 10:13) (2 Samuel 1:18)  4. Livro dos Estatutos (1 Samuel 10:25)  5. Livro dos Atos de Salomão (1 Reis 11:41)  6. Livro de Natã (1 Crônicas 29:29) (2 Crônicas 9:29)  7. Livro de Gade (Mesmo do número 6)    8. Profecias de Aías (2 Crônicas 9:29; 2:15; 13:22)   9. Visões de Ido (Mesmo do número 8)   10. Livro de Semaías (2 Crônicas 12:15)     11. Livro de Jeú (2 Crônicas 20:34)    12. Atos de Uzias, Escrito por Isaías (2 Crônicas 26:22)    13. Livros dos Videntes (2 Crônicas 33:19)    14. Profecias de Enoque Jude 14    15. Comentários de Mateus de Nazaré (Mateus 2:23) -  Escritos perdidos do Novo Testamento (ou seja, somente mencionados, mas infelizmente totalmente perdidos)    16. Epístola Perdida de Paulo (1 Coríntios 5:9)   17. Segunda epístola perdida de Paulo (Efésios 3:3-4)   18. Terceira epistola perdida de Paulo (Colossenses 4:16)   19. Epístola perdida de Judas

O JUDAÍSMO


JUDAÍSMO - O termo “judaísmo”, assim como o termo “judeu”, provém da raiz “Judá”. A história dessa profissão de fé remonta ao ano 722 a.C., quando o cativeiro assírio marcou o fim do reino do norte, Israel, proporcionando a ascensão do reino do sul (Judá), que se manteve preservado dos efeitos das invasões por mais de cento e cinqüenta anos. Em 586 a.C., entretanto, tem início o cativeiro babilônico, que pôs fim à resistência do reino do sul por determinado período. Um grupo de remanescentes constituído quase que por apenas membros da tribo de Judá, retorna a sua terra após setenta anos com o propósito de realizar seus objetivos primordiais, empenho este que culminou com o restabelecimento da nação de Israel. “Judá” e “judeu” tornaram-se então expressões que sempre estariam relacionadas, promovendo uma ligação intrínseca à nomenclatura religiosa e o nome da descendência da qual são oriundos. Dessa forma, a história, a sociedade, a religião e o governo (teocrático) predominantes em Israel, são partes de um todo chamado judaísmo. No que concerne à fé, o judaísmo se tornou o berço do cristianismo e também a base de onde os muçulmanos extraíram inúmeros elementos para preencher o islamismo, não sendo alheio ao nosso conhecimento que no seio do próprio judaísmo formaram-se várias correntes filosóficas, como os ultra-ortodoxos, os ortodoxos, os liberais e os ultra liberais, muito embora o âmago do judaísmo não acomode filosofias.

A IGREJA PRIMITIVA


IGREJA PRIMITIVA - O Cristianismo primitivo, também conhecido como Era Apostólica, é o nome dado a uma etapa da história do cristianismo de aproximadamente três séculos (I, II, III e parte do IV), que se inicia após a Ressurreição de Jesus (30 d.C.), e termina em 325 com a celebração do Primeiro Concílio de Niceia. No início, a igreja cristã foi centrada em Jerusalém e tinha entre seus líderes Tiago, Pedro e João.   Os primeiros cristãos ou eram judeus ou eram gentios convertidos ao judaísmo, conhecidos pelos historiadores como judeus-cristãos. Tradicionalmente, o Cornélio, o Centurião, é considerado o primeiro gentio convertido. Paulo de Tarso, depois de sua conversão ao cristianismo, reivindicou o título de Apóstolo dos Gentios. Até ao final do século I, o cristianismo começou a ser reconhecido interna e externamente, como uma religião separada do judaísmo rabínico.

O DEÍSMO


DEÍSMO - O deísmo é uma posição filosófica naturalista que aceita a existência e a natureza de Deus (Criador ou não) através da razão, do livre pensamento e da experiência pessoal, em vez dos elementos comuns das religiões teístas como a revelação direta, ou tradição. Deus é um Criador ou Organizador do Universo (comparável ao Demiurgo do filósofo grego Platão), é a primeira causa da filosofia deísta. Em palavras mais simples: um deísta é aquele que está inclinado a afirmar a existência de Deus, mas não pratica nenhuma religião, não negando a realidade de um mundo completamente regido pelas leis naturais e físicas. A interpretação de Deus pode variar para cada deísta.

OS AMALEQUITAS


AMALEQUITAS - A Bíblia alinha três “amaleques” distintos:   1. Gênesis 14.7 refere-se à destruição dos amalequitas por Quedorlaomer e seus companheiros. Isso quer dizer que já existiam no tempo de Abraão.    2. Gênesis 36.12-16 menciona Amaleque, filho de Elifaz com sua concubina Timna. Elifaz era filho de Esaú; portanto, esse Ameleque era neto de Esaú, bisneto de Isaque, ou seja, um descendente de Abraão.  3. O povo a quem Israel encontrou no deserto do Sinai e com quem travou sucessivas batalhas (Êx 17.8-15; Nm 13.29). Balaão proclamou a antiguidade dos amalequitas (Nm 24.20). - Os amalequitas se confrontaram com Israel diversas vezes através de séculos: 1. Logo que Israel passou o mar Vermelho, Amaleque atacou os cansados peregrinos do Senhor em Refidim (Êx 17.8-13; Dt 25.17,18).   2. O segundo foi em Cades-Barneia; após o retorno dos doze espias e o seu relatório, Amaleque feriu milhares do povo do Senhor e os perseguiu até Hormá (Nm 14.43-45).   3. Aliaram-se a Eglom, rei de Moabe, e perturbaram Israel (Jz 3.13).   4. Com os midianitas, por muito tempo, devastaram as searas dos filhos de Jacó (Jz 6.3-5,33), até que Gideão os derrotou.    6. Por ordem de Samuel, Saul os destruiu (1Sm 15).   5. Conquistaram a região montanhosa de Efraim, no tempo de Abdom, um dos juízes do povo de Israel (Jz 12.15).   7. Atacaram Ziclague, cidade que Aquis, dos filisteus, deu a Davi, mas Davi voltou inesperadamente e os derrotou (1Sm 27.6).  8. Os filhos de Simeão invadem os territórios amalequitas, destroem tudo e passam a morar em suas cidades e aldeias (1Cr 4.39-43). - Nada sabemos da religião dos amalequitas. Provavelmente eram idólatras como os demais povos da região. Não deixaram nenhum vestígio de escrita, nem de artes ou de algum traço que viesse comprovar o seu grau de civilização.

A ALMA NA BÍBLIA


ALMA - O Termo alma representa o hebraico nephesh, que em muitas outras passagens se traduz por “vida” ou criatura. Usa-se esse vocábulo a respeito dum ser vivo (Gn 17. 14; Nm 9.13, etc.); e dos animais, como criaturas (Gn 2.19, 9.15, etc.); e da alma como substancia distinta do corpo (Gn 35.18); da vida animal (Gn 2.7; note-se a aparente identificação com o sangue, Lv 17.14; e Dt 12.23); da alma como sede dos afetos, sensações e paixões, sendo suscetivel de angústia (Gn 42.21), de aflição (Lv 16.29), de desanimo (Nm 21.5), de desejo (Dt 14.26), de aborrecimento (SI 107. 18); e sendo, também, capaz de comunicação com Deus. çomo vinda Dele (Ez 18.4). desejando-O (SI 42.1, Is 26.9), regozijando-se Nele (SI 35.9; Is 61.10), confiando Nele (Sl 57.1), adorando-O (SI 86.4, 104.1), mas pecando contra Deus e fazendo mal a si própria (Jr 44.7; Ez 18.4; Mq 6.7). No Novo Testamento é o termo “alma’ a tradução do grego “psyché”, que, como nephesh, é muitas vezes traduzido por “vida”. Usa-se acerca do homem individual (At 2.41; Rm 13.1: 1 Pe 3.20); da vida animal sensitiva, com as suas paixões e desejos, distinguindo-se do Corpo (Mt 10.28) e do espírito (Lc 1.46; 1 Ts 5.23; Hb 4.12). A alma é suscetível de perder-se (Mt 16.26); de ser salva (Hb 10.39; Tg 1.21); e de existir depois da separação do corpo (Mt 10.28; Ap 6.9; 20.4).

Ator Dwayne Johnson, o “The Rock”, revela que a fé o ajudou a superar a depressão


O ator Dwayne Johnson, conhecido como “The Rock”, recentemente concedeu uma entrevista à apresentadora Oprah Winfrey falando sobre a importância que a fé teve em sua vida em momentos difíceis.

No programa Master Class, Johnson contou que a fé foi sua ferramenta fundamental para superar uma fase de depressão pela qual passou anos atrás.

“Segure-se nessa qualidade fundamental que é a fé. Tenha fé”, disse Johnson. “E, do outro lado de sua dor haverá algo bom”, acrescentou, segundo informações do Charisma News.

Segundo o ator, sua fé o ajudou a fazer escolhas certas nos tempos de atleta, quando jogou futebol americano e lutou wrestling.

Essa não foi a primeira vez que “The Rock” falou sobre sua fé. Em uma entrevista ao Gospel Herald, ele relatou que enumera e testemunha, diariamente, as bênçãos que recebe: “Eu tenho a minha própria relação especial com Deus, você sabe, e eu certamente, me sinto muito abençoado. Eu conto minhas bênçãos, todos os dias”, afirmou, na ocasião.

Dwayne Johnson tem uma carreira em Hollywood considerada em ascensão, com bons resultados de bilheteria dos filmes que faz e conquistando papéis protagonistas em grandes produções, como, por exemplo, no filme Hércules.

Depressão
Essa é uma doença silenciosa que pode levar à morte, e muitas vezes, as pessoas que sofrem desse mal são incompreendidas.

Em 2012, o pastor Silas Malafaia publicou um artigo sobre o tema, destacando que “a depressão é uma doença séria que, especialmente nas últimas décadas, tem atingido pessoas de todas as idades, classes sociais, religiões, sendo considerada um mal do século 21 […] e pode levar o indivíduo a um estado de agonia e melancolia profundas, e até ao suicídio”.


Pregando contra o preconceito que existe na sociedade e especialmente no meio evangélico, Malafaia destacou que “um dos principais motivos de as pessoas deprimidas terem receio de procurar algum tipo de ajuda é o fato de temerem ser estigmatizadas pela família, pelos amigos ou colegas de trabalho, que por falta de informação, costumam confundir depressão com frescura, preguiça, desmotivação e incapacidade de lutar pela vida, ou problemas espirituais”.

No texto, o pastor recomendou a consulta a especialistas: “Toda pessoa com bom senso sabe que regularmente deve consultar médicos, fazer exames e check-ups de saúde, e buscar aconselhamento com um neurologista, psiquiatra, psicólogo, se perceber que necessita de um tratamento terapêutico e medicamentoso. Não há nada de vergonhoso nisso; ao contrário, quanto antes ela identificar o problema e buscar uma solução, mais rápido será a saída do túnel escuro da depressão”, concluiu.