sexta-feira, 31 de maio de 2013

EVANGELHO JOÃO CAPITULO 1 - EM ESPERANTO

João 1 
En la komenco estis la Vorto, kaj la Vorto estis kun Dio, kaj la Vorto estis Dio.
Tiu estis en la komenco kun Dio.
CXio estigxis per li; kaj aparte de li estigxis nenio, kio estigxis.
En li estis la vivo, kaj la vivo estis la lumo de la homoj.
Kaj la lumo brilas en la mallumo, kaj la mallumo gxin ne venkis.
De Dio estis sendita viro, kies nomo estis Johano.
Tiu venis kiel atestanto, por atesti pri la lumo, por ke cxiuj per li kredu.
Li ne estis la lumo, sed li venis, por atesti pri la lumo.
Tio estis la vera lumo, kiu lumas al cxiu homo, venanta en la mondon.
Tiu estis en la mondo, kaj la mondo per li estigxis, kaj la mondo lin ne konis.
Li venis al siaj proprajxoj, kaj liaj propruloj lin ne akceptis.
Sed al cxiuj, kiuj lin akceptis, li donis la rajton farigxi filoj de Dio, al la kredantoj al lia nomo,
kiuj naskigxis nek el sango, nek el volo de karno, nek el volo de homo, sed el Dio.
Kaj la Vorto farigxis karno kaj logxis inter ni, kaj ni vidis lian gloron, gloron kvazaux de la solenaskita de la Patro, plena de graco kaj vero.
Johano atestis pri li, kaj kriis, dirante:CXi tiu estas li, pri kiu mi diris:Kiu venas post mi, tiu estas metita super mi, cxar li ekzistis pli frue ol mi.
CXar el lia pleneco ni cxiuj ricevis, kaj gracon post graco.
CXar la legxo estis donita per Moseo; la graco kaj la vero estigxis per Jesuo Kristo.
Neniu iam vidis Dion; la solenaskita Filo, kiu estas en la sino de la Patro, Lin deklaris.
Kaj jen estas la atesto de Johano, kiam la Judoj sendis al li pastrojn kaj Levidojn el Jerusalem, por demandi lin:Kiu vi estas?
Kaj li konfesis kaj ne kasxis; kaj li konfesis:Mi ne estas la Kristo.
Kaj ili demandis lin:Kio do? CXu vi estas Elija? Kaj li diris:Mi ne estas. CXu vi estas la profeto? Kaj li respondis:Ne.
Ili do diris al li:Kiu vi estas? por ke ni donu respondon al niaj sendintoj. Kion vi diras pri vi mem?
Li diris:Mi estas vocxo de krianto en la dezerto:Rektigu la vojon de la Eternulo, kiel diris la profeto Jesaja.
Kaj tiuj estis senditaj de la Fariseoj.
Kaj ili demandis lin, kaj diris al li:Kial do vi baptas, se vi ne estas la Kristo, nek Elija, nek la profeto?
Johano respondis al ili, dirante:Mi baptas per akvo; meze de vi staras tiu, kiun vi ne konas,
kiu venas post mi; la rimenon de lia sxuo mi ne estas inda malligi.
Tio okazis en Betania transe de Jordan, kie Johano baptadis.
La sekvantan tagon li vidis Jesuon venanta al li, kaj diris:Jen la SXafido de Dio, kiu forportas la pekon de la mondo!
Li estas tiu, pri kiu mi diris:Post mi venas viro, kiu estas metita super mi, cxar li ekzistis pli frue ol mi.
Kaj mi lin ne konis; sed por ke li estu montrita al Izrael, tial mi venis, baptante per akvo.
Kaj Johano atestis, dirante:Mi vidis la Spiriton malsupreniranta de la cxielo kiel kolombo, kaj gxi restis sur li.
Kaj mi lin ne konis; sed kiu sendis min por bapti per akvo, Tiu diris al mi:Sur kiun vi vidos la Spiriton malsupreniranta kaj restanta sur li, tiu estas la baptanto per la Sankta Spirito.
Kaj mi vidis, kaj atestis, ke cxi tiu estas la Filo de Dio.
Denove la sekvantan tagon staris Johano, kaj du el liaj discxiploj;
kaj rigardante Jesuon promenantan, li diris:Jen la SXafido de Dio!
Kaj la du discxiploj auxdis lin paroli, kaj sekvis Jesuon.
Kaj Jesuo sin turnis, kaj vidis ilin sekvantajn, kaj diris al ili:Kion vi sercxas? Kaj ili diris al li:Rabeno (tio estas, Majstro), kie vi logxas?
Li diris al ili:Venu, kaj vi vidos. Ili do venis, kaj vidis, kie li logxas, kaj ili restis cxe li tiun tagon; estis cxirkaux la deka horo.
Unu el la du, kiuj auxdis Johanon kaj lin sekvis, estis Andreo, la frato de Simon Petro.
Tiu unue trovis sian propran fraton Simon, kaj diris al li:Ni trovis la Mesion (tio estas, Kriston).
Li kondukis lin al Jesuo. Jesuo lin rigardis, kaj diris:Vi estas Simon, filo de Jona; vi estos nomata Kefas (tio estas, Petro).
La sekvantan tagon li volis foriri en Galileon, kaj trovis Filipon; kaj Jesuo diris al li:Sekvu min.
Filipo estis el Betsaida, la urbo de Andreo kaj Petro.
Filipo trovis Natanaelon, kaj diris al li:Ni trovis tiun, pri kiu skribis Moseo en la legxo, kaj la profetoj, Jesuon el Nazaret, filon de Jozef.
Kaj Natanael diris al li:CXu io bona povas esti el Nazaret? Filipo diris al li:Venu kaj vidu.
Jesuo vidis Natanaelon venanta al li, kaj diris pri li:Jen vera Izraelido, en kiu ne estas ruzeco!
Natanael diris al li:Per kio vi min konas? Jesuo respondis kaj diris al li:Antaux ol Filipo vin vokis, kiam vi estis sub la figarbo, mi vin vidis.
Natanael respondis kaj diris al li:Rabeno, vi estas la Filo de Dio; vi estas Regxo de Izrael!
Jesuo respondis kaj diris al li:CXu vi kredas pro tio, ke mi diris al vi:Mi vin vidis sub la figarbo? vi vidos pli grandajn aferojn ol cxi tio.
Kaj li diris al li:Vere, vere, mi diras al vi, vi vidos la cxielon malfermita kaj la angxelojn de Dio suprenirantaj kaj malsuprenirantaj sur la Filon de homo.


EVANGELHO JOÃO CAPITULO 1 - ITALIANO

João 1 
NEL principio la Parola era, e la Parola era appo Dio, e la Parola era Dio.
Essa era nel principio appo Dio.
Ogni cosa è stata fatta per mezzo di essa; e senz’essa niuna cosa fatta è stata fatta.
In lei era la vita, e la vita era la luce degli uomini.
E la luce riluce nelle tenebre, e le tenebre non l’hanno compresa.
Vi fu un uomo mandato da Dio, il cui nome era Giovanni.
Costui venne per testimonianza, affin di testimoniar della Luce, acciocchè tutti credessero per mezzo di lui.
Egli non era la Luce, anzi era mandato per testimoniar della Luce.
Colui, che è la Luce vera, la quale illumina ogni uomo che viene nel mondo, era.
Era nel mondo, e il mondo è stato fatto per mezzo d’esso; ma il mondo non l’ha conosciuto.
Egli è venuto in casa sua, ed i suoi non l’hanno ricevuto.
Ma, a tutti coloro che l’hanno ricevuto, i quali credono nel suo nome, egli ha data questa ragione, d’esser fatti figliuoli di Dio;
i quali, non di sangue, nè di volontà di carne, nè di volontà d’uomo, ma son nati di Dio.
E la Parola è stata fatta carne, ed è abitata fra noi e noi abbiam contemplata la sua gloria, gloria, come dell’unigenito proceduto dal Padre, piena di grazia, e di verità.
GIOVANNI testimoniò di lui, e gridò, dicendo: Costui è quel di cui io diceva: Colui che viene dietro a me mi è antiposto, perciocchè egli era prima di me.
E noi tutti abbiamo ricevuto della sua pienezza, e grazia per grazia.
Perciocchè la legge è stata data per mezzo di Mosè, ma la grazia, e la verità sono venute per mezzo di Gesù Cristo.
Niuno vide giammai Iddio; l’unigenito Figliuolo, ch’è nel seno del Padre, è quel che l’ha dichiarato.
E questa è la testimonianza di Giovanni, quando i Giudei da Gerusalemme mandarono de’ sacerdoti, e de’ Leviti, per domandargli: Tu chi sei?
Ed egli riconobbe chi egli era, e nol negò; anzi lo riconobbe, dicendo: Io non sono il Cristo.
Ed essi gli domandarono: Che sei dunque? Sei tu Elia? Ed egli disse: Io nol sono. Sei tu il Profeta? Ed egli rispose: No.
Essi adunque gli dissero Chi sei? acciocchè rendiamo risposta a coloro che ci hanno mandati; che dici tu di te stesso?
Egli disse: Io son la voce di colui che grida nel deserto: Addirizzate la via del Signore, siccome il profeta Isaia ha detto.
Or coloro ch’erano stati mandati erano d’infra i Farisei.
Ed essi gli domandarono, e gli dissero: Perchè dunque battezzi, se tu non sei il Cristo, nè Elia, nè il profeta?
Giovanni rispose loro, dicendo: Io battezzo con acqua; ma nel mezzo di voi è presente uno, il qual voi non conoscete.
Esso è colui che vien dietro a me, il qual mi è stato antiposto, di cui io non son degno di sciogliere il correggiuol della scarpa.
Queste cose avvennero in Betabara, di là dal Giordano, ove Giovanni battezzava.
Il giorno seguente, Giovanni vide Gesù che veniva a lui, e disse: Ecco l’Agnello di Dio, che toglie il peccato del mondo.
Costui è quel del quale io diceva: Dietro a me viene un uomo, il qual mi è antiposto; perciocchè egli era prima di me.
E quant’è a me, io nol conosceva; ma, acciocchè egli sia manifestato ad Israele, per ciò son venuto, battezzando con acqua.
E Giovanni testimoniò, dicendo: Io ho veduto lo Spirito, ch’è sceso dal cielo in somiglianza di colomba, e si è fermato sopra lui.
E quant’è a me, io nol conosceva; ma colui che mi ha mandato a battezzar con acqua mi avea detto: Colui sopra il quale tu vedrai scender lo Spirito, e fermarsi, è quel che battezza con lo Spirito Santo.
Ed io l’ho veduto, e testifico che costui è il Figliuol di Dio.
IL giorno seguente, Giovanni di nuovo si fermò, con due de’ suoi discepoli.
Ed avendo riguardato in faccia Gesù che camminava, disse: Ecco l’Agnello di Dio.
E i due discepoli l’udirono parlare, e seguitarono Gesù.
E Gesù, rivoltosi, e veggendo che lo seguitavano, disse loro: Che cercate? Ed essi gli dissero: Rabbi il che, interpretato, vuol dire: Maestro, dove dimori?
Egli disse loro: Venite, e vedetelo. Essi adunque andarono, e videro ove egli dimorava, e stettero presso di lui quel giorno. Or era intorno le dieci ore.
Andrea, fratello di Simon Pietro, era uno de’ due, che aveano udito quel ragionamento da Giovanni, ed avean seguitato Gesù.
Costui trovò il primo il suo fratello Simone, e gli disse: Noi abbiam trovato il Messia; il che, interpretato, vuol dire: Il Cristo; e lo menò da Gesù.
E Gesù, riguardatolo in faccia, disse: Tu sei Simone, figliuol di Giona; tu sarai chiamato Cefa, che vuol dire: Pietra.
Il giorno seguente, Gesù volle andare in Galilea, e trovò Filippo, e gli disse: Seguitami.
Or Filippo era da Betsaida, della città d’Andrea e di Pietro.
Filippo trovò Natanaele, e gli disse: Noi abbiam trovato colui, del quale Mosè nella legge, ed i profeti hanno scritto; che è Gesù, figliuol di Giuseppe, che è da Nazaret.
E Natanaele gli disse: Può egli esservi bene alcuno da Nazaret? Filippo gli disse: Vieni, e vedi.
Gesù vide venir Natanaele a sè, e disse di lui: Ecco veramente un Israelita, nel quale non vi è frode alcuna.
Natanaele gli disse: Onde mi conosci? Gesù rispose, e gli disse: Avanti che Filippo ti chiamasse, quando tu eri sotto il fico, io ti vedeva.
Natanaele rispose, e gli disse: Maestro, tu sei il Figliuol di Dio; tu sei il Re d’Israele.
Gesù rispose, e gli disse: Perciocchè io ti ho detto ch’io ti vedeva sotto il fico, tu credi; tu vedrai cose maggiori di queste.
Poi gli disse: In verità, in verità, io vi dico, che da ora innanzi voi vedrete il cielo aperto, e gli angeli di Dio salienti, e discendenti sopra il Figliuol dell’uomo.


Pastor Ciro Zibordi afirma que visita do papa Francisco ao Brasil é tentativa de “conter o avanço da Igreja Evangélica”


O pastor Ciro Sanches Zibordi publicou um artigo comentando as motivações da visita do papa Francisco ao Brasil, que acontecerá durante a Jornada Mundial da Juventude, que será realizada no Rio de Janeiro no mês de julho.

De acordo com o texto de Zibordi, publicado no site da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), a intenção de Francisco ao visitar o país é reduzir o crescimento dos evangélicos.

“Sua prioridade, ao visitar os países Brasil, Argentina e Chile, neste ano, é conter o avanço da Igreja Evangélica. Ele tentará convencer os cidadãos brasileiros da importância da Igreja Católica, mostrando a eles que não existe uma diferença essencial ou significativa entre a confissão católica e a evangélica”, escreveu o pastor assembleiano.

Segundo Zibordi, o pontífice católico trará uma mensagem de ecumenismo, tentando aproximar as duas vertentes cristãs de maior expressão: “O simpático papa Francisco pregará no Brasil a velha mensagem ecumênica, na esperança de ver o sonho de seus antecessores Bento XVI e João Paulo II realizado. Estes tiveram o privilégio de presenciarem a derrocada do comunismo e o fracasso das fileiras da Teologia da Libertação, mas não conseguiram parar o avanço da fé evangélica no Brasil”.

Zibordi pondera que o crescimento evangélico se deu por brechas da própria Igreja Católica, e que esse fenômeno social já havia sido destacado há muitos anos através da imprensa: “Lembro-me de que, há uns quinze anos, a revista Veja enfatizou a razão do crescimento dos evangélicos, destacando a alfabetização de adultos, o estímulo à leitura, a realização de trabalhos de recuperação de dependentes de drogas e a prestação de ajuda a necessitados. A reportagem foi, claramente, uma alfinetada na Igreja Católica, que desde então vem assumindo um papel semelhante ao dos segmentos evangélicos”, contextualizou.

Segundo o pastor, “a estratégia de unir as vertentes protestante, espírita e católica, com o intuito de somar forças contra inimigos comuns, nunca dará certo”, pois esses “segmentos possuem objetivos, credos e motivações completamente diferentes”.

Ciro Zibordi destaca que os “evangélicos adoram ao Jesus da Bíblia, que é o verdadeiro Deus e a vida eterna (1 Jo 5.20), enquanto os católicos e os espíritas acreditam em um ‘outro Jesus’ (2 Co 11.4), que recebe menos honra do que Maria. Esta, segundo a Bíblia, foi apenas uma crente fiel agraciada por Deus, que precisava do Salvador (Lc 1.47), e não mediadora ou redentora (1 Tm 2.5)”, frisa.

Confira a íntegra do artigo “O que o papa Francisco vem fazer no Brasil?”, de Ciro Zibordi no site da CPAD:

Jesus Cristo é o único Mediador e Salvador

O que o papa vem fazer no Brasil? De acordo com o censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 2010, o rebanho do catolicismo atinge 123 milhões de adeptos, no Brasil, um número ainda expressivo, mas que vem diminuindo, nos últimos anos, gerando uma crise profunda e aparentemente irreversível para o romanismo. A grande maioria dos católicos brasileiros é nominal, e uma boa parte tende para a prática do espiritismo. A fidelidade dos católicos também tem diminuído. Há alguns anos, a Igreja Católica exibia em cadeia nacional, na quarta-feira de cinzas, a fala do papa. Hoje, o pronunciamento é gravado, e as emissoras o exibem quando querem.

Em julho, o papa Francisco — o argentino Jorge Mario Bergoglio — vem ao Brasil para participar da Jornada Mundial da Juventude. Seu staff já deixou claro que a sua prioridade, ao visitar os países Brasil, Argentina e Chile, neste ano, é conter o avanço da Igreja Evangélica. Ele tentará convencer os cidadãos brasileiros da importância da Igreja Católica, mostrando a eles que não existe uma diferença essencial ou significativa entre a confissão católica e a evangélica. Como sempre, a principal razão da visita do papa ao Brasil é avivar o romanismo, combatendo o extraordinário progresso numérico dos evangélicos, especialmente do segmento neopentecostal.

O simpático papa Francisco pregará no Brasil a velha mensagem ecumênica, na esperança de ver o sonho de seus antecessores Bento XVI e João Paulo II realizado. Estes tiveram o privilégio de presenciarem a derrocada do comunismo e o fracasso das fileiras da Teologia da Libertação, mas não conseguiram parar o avanço da fé evangélica no Brasil.

Para alcançar seu objetivo, o romanismo tem empregado duas estratégias: a evangelização entre as comunidades pobres e a tentativa do estabelecimento de uma convivência ecumênica entre evangélicos, católicos e espíritas. A CNBB propaga, há um bom tempo, textos alegóricos em favor do ecumenismo. Em um deles, Jesus visita um centro espírita e, ao deparar-se com uma mãe-de-santo, afirma: “o Reino de Deus já está aqui no meio de vocês”. E ela responde: “Muito obrigada, Jesus! Mas isso a gente já sabia… Você deve ter um orixá muito bom. Vamos dançar, para que ele venha nos ajudar”. Ademais, é grande a aproximação entre astros gospel e cantores da música católica, que cantam juntos em eventos e programas de televisão.

Lembro-me de que, há uns quinze anos, a revista Veja enfatizou a razão do crescimento dos evangélicos, destacando a alfabetização de adultos, o estímulo à leitura, a realização de trabalhos de recuperação de dependentes de drogas e a prestação de ajuda a necessitados. A reportagem foi, claramente, uma alfinetada na Igreja Católica, que desde então vem assumindo um papel semelhante ao dos segmentos evangélicos.

Há alguns anos, o Vaticano abriu as portas para receber a visita do saudoso Nilson do Amaral Fanini, então pastor da Primeira Igreja Batista de Niterói, Rio de Janeiro. O objetivo da visita do respeitado líder evangélico, na época, foi traçar com o papa uma estratégia que visava a resolver antigos problemas entre católicos e evangélicos. Fanini chegou a dizer que a Igreja Batista, por ser anterior à Reforma Protestante, não deveria ser considerada uma seita evangélica pelo catolicismo.

Mas a estratégia de unir as vertentes protestante, espírita e católica, com o intuito de somar forças contra inimigos comuns, nunca dará certo. Esses três segmentos possuem objetivos, credos e motivações completamente diferentes. O evangélicos adoram ao Jesus da Bíblia, que é o verdadeiro Deus e a vida eterna (1 Jo 5.20), enquanto os católicos e os espíritas acreditam em um “outro Jesus” (2 Co 11.4), que recebe menos honra do que Maria. Esta, segundo a Bíblia, foi apenas uma crente fiel agraciada por Deus, que precisava do Salvador (Lc 1.47), e não mediadora ou redentora (1 Tm 2.5).

Na verdade, todo esse esforço do romanismo para ganhar adeptos de outras religiões, nos últimos anos, leva-nos refletir sobre o que Jesus disse em Mateus 7.13,14. A porta para a salvação é estreita, e são poucos os que entram por ela. O ecumenismo da Igreja Católica pode até envolver muitos crentes nominais, porém os poucos fiéis (Sl 12.1; 101.6) permanecerão firmes; jamais negarão a sua fé, haja o que houver (Ap 2.10; 3.11). Deus não prioriza crescimento numérico (Jo 6.60-69), a não ser que este decorra da pregação da verdade. O Senhor só tem compromisso com quem está disposto a segui-lo, andando como Ele andou (Lc 9.23; 1 Jo 2.6).

Ciro Sanches Zibordi

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br/

O HOLOCAUSTO DOS JUDEUS - COM IMAGENS

Grupo de judeus no campo de concentração de Auschwitz.

Nossa relação com o passado se dá de diferentes formas e a partir da interpretação das experiências vividas, o homem passa a ditar determinadas ações de sua vida cotidiana. Geralmente, as experiências ruins são respondidas com ações e idéias que evitam a repetição de um mesmo infortúnio. Um claro caso desse tipo de relação do passado pode ser notado quando fazemos menção ao Holocausto.

O Holocausto foi uma prática de perseguição política, étnica, religiosa e sexual estabelecida durante os anos de governo nazista de Adolf Hitler. Segundo a ideologia nazista, a Alemanha deveria superar todos os entraves que impediam a formação de uma nação composta por seres superiores. Segundo essa mesma idéia, o povo legitimamente alemão era descendente dos arianos, um antigo povo que – segundo os etnólogos europeus do século XIX – tinham pele branca e deram origem à civilização européia.

Dessa forma, para que a supremacia racial ariana fosse conquistada pelo povo alemão, o governo de Hitler passou a pregar o ódio contra aqueles que impediam a pureza racial dentro do território alemão. Segundo o discurso nazista, os maiores culpados por impedirem esse processo de eugenia étnica eram os ciganos e – principalmente – os judeus. Com isso, Hitler passou a perseguir e forçar o isolamento em guetos do povo judeu da Alemanha.

Dado o início da Segunda Guerra, o governo nazista criou campos de concentração onde os judeus e ciganos eram forçados a viver e trabalhar. Nos campos, os concentrados eram obrigados a trabalhar nas indústrias vitais para a sustentação da Alemanha na Segunda Guerra Mundial. Além disso, os ocupantes dos campos viviam em condições insalubres, tinham péssima alimentação, sofriam torturas e eram utilizados como cobaias em experimentos científicos.

É importante lembrar que outros grupos sociais também foram perseguidos pelo regime nazista, por isso, foram levados aos campos de concentração. Os homossexuais, opositores políticos de Hitler, doentes mentais, pacifistas, eslavos e grupos religiosos, tais como as Testemunhas de Jeová, também sofreram com os horrores do Holocausto. Dessa forma, podemos evidenciar que o holocausto estendeu suas forças sobre todos aqueles grupos étnicos, sociais e religiosos que eram considerados uma ameaça ao governo de Adolf Hitler.

Com o fim dos conflitos da 2ª Guerra e a derrota alemã, muitos oficiais do exército alemão decidiram assassinar os concentrados. Tal medida seria tomada com o intuito de acobertar todas as atrocidades praticadas nos vários campos de concentração espalhados pela Europa. Porém, as tropas francesas, britânicas e norte-americanas conseguiram expor a carnificina promovida pelos nazistas alemães.

Depois de renderem os exércitos alemães, seus principais líderes foram julgados por um tribunal internacional criado na cidade alemã de Nuremberg. Com o fim do julgamento, muitos deles foram condenados à morte sob a alegação de praticarem crimes de guerra. Hoje em dia, muitas obras, museus e instituições são mantidos com o objetivo de lutarem contra a propagação do nazismo ou ódio racial.

Por Rainer Sousa
Graduado em História
Equipe Brasil Escola 

Fonte: http://www.brasilescola.com/











A Criação do Estado de Israel


Em 1947, a ONU aprovou o plano de Partilha da Palestina. Com isso, o território palestino foi dividido em dois Estados, um judeu e outro árabe. Em maio de 1948, a criação do Estado de Israel foi oficialmente instituída.

Com o fim da Segunda Guerra Mundial, o mundo se deparou com as sequelas de anos de crueldade: mais de seis milhões de judeus exterminados nos campos nazistas. Com isso, as organizações voltadas para ajuda humanitária passaram a resgatar os judeus que sobreviveram aos campos de concentração e embarcá-los clandestinamente para a palestina. A Inglaterra tentou de todas as formas barrar o desembarque dos refugiados, lembrando que a Palestina era concessão britânica.

O fato sensibilizou a opinião pública mundial e revigorou a ideia de criação de um Estado judeu na Palestina. Em 1947, em assembleia realizada pela Organização das Nações Unidas (ONU), presidida pelo brasileiro Oswaldo Aranha, foi deliberada a divisão da Palestina em dois Estados, o Estado Judeu e o Estado Árabe. Em maio de 1948, os judeus, liderados por David Bem Gurion, fundaram oficialmente o Estado de Israel. No entanto, o Estado árabe prenunciado pela ONU nessa partilha não foi estabelecido e os palestinos lutam até hoje para ter o seu Estado. Esse episódio foi denominado Questão Palestina.

A revolta dos países árabes foi imediata à criação do Estado de Israel. Isso culminou no primeiro conflito árabe israelense.  Com o apoio militar e financeiro recebido de outras nações, Israel venceu a guerra e dominou mais da metade do território reservado aos árabes no plano de divisão da ONU. Com a derrota da guerra de 1948, cerca de meio milhão de palestinos foram obrigados a deixar a terra em que viviam para se refugiar em países vizinhos.

Expulsos de suas terras, os palestinos eram maltratados, inclusive nos países árabes. Somente a Jordânia permitiu a integração dos palestinos em sua sociedade, mas sendo vigiados permanentemente. Nos outros países eles passaram a viver em acampamentos para refugiados, com a ajuda da ONU. Desde então, o Oriente Médio tornou-se uma das regiões mais conflituosas do globo, cenário de consecutivos conflitos extremistas entre judeus e árabes.


Por Lilian Aguiar
Graduada em História
Equipe Brasil Escola

Fonte: http://www.brasilescola.com/

LIVRO DE GÊNESIS CAPITULO 1 EM HEBRACO

 1 -  בראשית ברא אלהים
את השמים ואת
הארץ׃
 2 -  והארץ היתה תהו
ובהו וחשך על־פני
תהום ורוח אלהים
מרחפת על־פני
המים׃
 3 -  ויאמר אלהים יהי
אור ויהי־אור׃
 4 -  וירא אלהים
את־האור כי־טוב
ויבדל אלהים בין
האור ובין החשך׃
 5 -  ויקרא אלהים לאור
יום ולחשך קרא
לילה ויהי־ערב
ויהי־בקר יום אחד׃
 6 -  ויאמר אלהים יהי
רקיע בתוך המים
ויהי מבדיל בין
מים למים׃
 7 -  ויעש אלהים
את־הרקיע ויבדל
בין המים אשר מתחת
לרקיע ובין המים
אשר מעל לרקיע
ויהי־כן׃
 8 -  ויקרא אלהים לרקיע
שמים ויהי־ערב
ויהי־בקר יום שני׃
 9 -  ויאמר אלהים יקוו
המים מתחת השמים
אל־מקום אחד ותראה
היבשה ויהי־ כן׃
 10 -  ויקרא אלהים ליבשה
ארץ ולמקוה המים
קרא ימים וירא
אלהים כי־ טוב׃
 11 -  ויאמר אלהים תדשא
הארץ דשא עשב
מזריע זרע עץ פרי
עשה פרי למינו אשר
זרעו־בו על־הארץ
ויהי־כן׃
 12 -  ותוצא הארץ דשא
עשב מזריע זרע
למינהו ועץ
עשה־פרי אשר
זרעו־בו למינהו
וירא אלהים
כי־טוב׃
 13 -  ויהי־ערב ויהי־בקר
יום שלישי׃
 14 -  ויאמר אלהים יהי
מארת ברקיע השמים
להבדיל בין היום
ובין הלילה והיו
לאתת ולמועדים
ולימים ושנים׃
 15 -  והיו למאורת ברקיע
השמים להאיר
על־הארץ ויהי־כן׃
 16 -  ויעש אלהים את־שני
המארת הגדלים
את־המאור הגדל
לממשלת היום ואת־
המאור הקטן לממשלת
הלילה ואת
הכוכבים׃
 17 -  ויתן אתם אלהים
ברקיע השמים להאיר
על־הארץ׃
 18 -  ולמשל ביום ובלילה
ולהבדיל בין האור
ובין החשך וירא
אלהים כי־ טוב׃
 19 -  ויהי־ערב ויהי־בקר
יום רביעי׃
 20 -  ויאמר אלהים ישרצו
המים שרץ נפש חיה
ועוף יעופף
על־הארץ על־פני
רקיע השמים׃
 21 -  ויברא אלהים
את־התנינם הגדלים
ואת כל־נפש החיה
הרמשת אשר שרצו
המים למינהם ואת
כל־עוף כנף למינהו
וירא אלהים
כי־טוב׃
 22 -  ויברך אתם אלהים
לאמר פרו ורבו
ומלאו את־המים
בימים והעוף ירב
בארץ׃
 23 -  ויהי־ערב ויהי־בקר
יום חמישי׃
 24 -  ויאמר אלהים תוצא
הארץ נפש חיה
למינה בהמה ורמש
וחיתו־ארץ למינה
ויהי־כן׃
 25 -  ויעש אלהים את־חית
הארץ למינה
ואת־הבהמה למינה
ואת כל־רמש האדמה
למינהו וירא אלהים
כי־טוב׃
 26 -  ויאמר אלהים נעשה
אדם בצלמנו
כדמותנו וירדו
בדגת הים ובעוף
השמים ובבהמה
ובכל־הארץ
ובכל־הרמש הרמש
על־הארץ׃
 27 -  ויברא אלהים
את־האדם בצלמו
בצלם אלהים ברא
אתו זכר ונקבה ברא
אתם׃
 28 -  ויברך אתם אלהים
ויאמר להם אלהים
פרו ורבו ומלאו
את־הארץ וכבשה
ורדו בדגת הים
ובעוף השמים
ובכל־חיה הרמשת
על־הארץ׃
 29 -  ויאמר אלהים הנה
נתתי לכם
את־כל־עשב זרע זרע
אשר על־פני כל־
הארץ ואת־כל־העץ
אשר־בו פרי־עץ זרע
זרע לכם יהיה
לאכלה׃
 30 -  ולכל־חית הארץ
ולכל־עוף השמים
ולכל רומש על־הארץ
אשר־בו נפש חיה
את־כל־ירק עשב
לאכלה ויהי־כן׃
 31 -  וירא אלהים
את־כל־אשר עשה
והנה־טוב מאד
ויהי־ערב ויהי־בקר
יום הששי׃



EVANGELHO JOÃO CAPITULO 1 EM LATIM

 1 - in principio erat Verbum et Verbum erat apud Deum et Deus erat Verbum
 2 - hoc erat in principio apud Deum
 3 - omnia per ipsum facta sunt et sine ipso factum est nihil quod factum est
 4 - in ipso vita erat et vita erat lux hominum
 5 - et lux in tenebris lucet et tenebrae eam non conprehenderunt
 6 - fuit homo missus a Deo cui nomen erat Iohannes
 7 - hic venit in testimonium ut testimonium perhiberet de lumine ut omnes crederent per illum
 8 - non erat ille lux sed ut testimonium perhiberet de lumine
 9 - erat lux vera quae inluminat omnem hominem venientem in mundum
 10 - in mundo erat et mundus per ipsum factus est et mundus eum non cognovit
 11 - in propria venit et sui eum non receperunt
 12 - quotquot autem receperunt eum dedit eis potestatem filios Dei fieri his qui credunt in nomine eius
 13 - qui non ex sanguinibus neque ex voluntate carnis neque ex voluntate viri sed ex Deo nati sunt
 14 - et Verbum caro factum est et habitavit in nobis et vidimus gloriam eius gloriam quasi unigeniti a Patre plenum gratiae et veritatis
 15 - Iohannes testimonium perhibet de ipso et clamat dicens hic erat quem dixi vobis qui post me venturus est ante me factus est quia prior me erat
 16 - et de plenitudine eius nos omnes accepimus et gratiam pro gratia
 17 - quia lex per Mosen data est gratia et veritas per Iesum Christum facta est
 18 - Deum nemo vidit umquam unigenitus Filius qui est in sinu Patris ipse enarravit
 19 - et hoc est testimonium Iohannis quando miserunt Iudaei ab Hierosolymis sacerdotes et Levitas ad eum ut interrogarent eum tu quis es
 20 - et confessus est et non negavit et confessus est quia non sum ego Christus
 21 - et interrogaverunt eum quid ergo Helias es tu et dicit non sum propheta es tu et respondit non
 22 - dixerunt ergo ei quis es ut responsum demus his qui miserunt nos quid dicis de te ipso
 23 - ait ego vox clamantis in deserto dirigite viam Domini sicut dixit Esaias propheta
 24 - et qui missi fuerant erant ex Pharisaeis
 25 - et interrogaverunt eum et dixerunt ei quid ergo baptizas si tu non es Christus neque Helias neque propheta
 26 - respondit eis Iohannes dicens ego baptizo in aqua medius autem vestrum stetit quem vos non scitis
 27 - ipse est qui post me venturus est qui ante me factus est cuius ego non sum dignus ut solvam eius corrigiam calciamenti
 28 - haec in Bethania facta sunt trans Iordanen ubi erat Iohannes baptizans
 29 - altera die videt Iohannes Iesum venientem ad se et ait ecce agnus Dei qui tollit peccatum mundi
 30 - hic est de quo dixi post me venit vir qui ante me factus est quia prior me erat
 31 - et ego nesciebam eum sed ut manifestaretur Israhel propterea veni ego in aqua baptizans
 32 - et testimonium perhibuit Iohannes dicens quia vidi Spiritum descendentem quasi columbam de caelo et mansit super eum
 33 - et ego nesciebam eum sed qui misit me baptizare in aqua ille mihi dixit super quem videris Spiritum descendentem et manentem super eum hic est qui baptizat in Spiritu Sancto
 34 - et ego vidi et testimonium perhibui quia hic est Filius Dei
 35 - altera die iterum stabat Iohannes et ex discipulis eius duo
 36 - et respiciens Iesum ambulantem dicit ecce agnus Dei
 37 - et audierunt eum duo discipuli loquentem et secuti sunt Iesum
 38 - conversus autem Iesus et videns eos sequentes dicit eis quid quaeritis qui dixerunt ei rabbi quod dicitur interpretatum magister ubi habitas
 39 - dicit eis venite et videte venerunt et viderunt ubi maneret et apud eum manserunt die illo hora autem erat quasi decima
 40 - erat autem Andreas frater Simonis Petri unus ex duobus qui audierant ab Iohanne et secuti fuerant eum
 41 - invenit hic primum fratrem suum Simonem et dicit ei invenimus Messiam quod est interpretatum Christus
 42 - et adduxit eum ad Iesum intuitus autem eum Iesus dixit tu es Simon filius Iohanna tu vocaberis Cephas quod interpretatur Petrus
 43 - in crastinum voluit exire in Galilaeam et invenit Philippum et dicit ei Iesus sequere me
 44 - erat autem Philippus a Bethsaida civitate Andreae et Petri
 45 - invenit Philippus Nathanahel et dicit ei quem scripsit Moses in lege et prophetae invenimus Iesum filium Ioseph a Nazareth
 46 - et dixit ei Nathanahel a Nazareth potest aliquid boni esse dicit ei Philippus veni et vide
 47 - vidit Iesus Nathanahel venientem ad se et dicit de eo ecce vere Israhelita in quo dolus non est
 48 - dicit ei Nathanahel unde me nosti respondit Iesus et dixit ei priusquam te Philippus vocaret cum esses sub ficu vidi te
 49 - respondit ei Nathanahel et ait rabbi tu es Filius Dei tu es rex Israhel
 50 - respondit Iesus et dixit ei quia dixi tibi vidi te sub ficu credis maius his videbis
 51 - et dicit ei amen amen dico vobis videbitis caelum apertum et angelos Dei ascendentes et descendentes supra Filium hominis


quinta-feira, 30 de maio de 2013

ADUD diz que gravação com diálogos picantes do pastor Marcos Pereira é “forjada e mentirosa”; Senador Magno Malta afirma que inquérito é inconsistente.

ADUD diz que gravação com diálogos picantes do pastor Marcos Pereira é “forjada e mentirosa”; Senador Magno Malta afirma que inquérito é inconsistente. Assista

A Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD) divulgou uma nota oficial em seu site repudiando a divulgação da gravação em que o pastor Marcos Pereira supostamente dialoga com uma fiel sobre aventuras sexuais.

De acordo com a ADUD, a gravação é “forjada e mentirosa”, e teria sido “divulgada com a única intenção de manipular a opinião pública”.

O áudio referido contém diálogos picantes entre um homem e uma mulher, e segundo os jornais Extra e O Dia, a voz masculina é atribuída ao pastor Marcos Pereira. A conversa, permeada de termos chulos e explícitos, contém detalhes do que seria uma relação extraconjugal.

“O pastor Marcos Pereira é inocente, e palavras chulas numa gravação sem nenhuma autenticidade não vai mudar isto! Vejam os pronunciamentos do Deputado Paulo Ramos e do Senador Magno Malta, das supostas vítimas arroladas no inquérito que sequer foram ouvidas pelos investigadores. Ouçam os acusadores que se dizem coagidos, escancaradamente coagindo as testemunhas. Há uma inversão de papeis nesse ‘esquema’”, pontuou a nota de ADUD.

A repercussão do caso envolvendo o pastor Marcos Pereira foi comentada pelo senador Magno Malta durante uma sessão da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania. De acordo com o discurso de Malta, há inconsistências severas no inquérito e boa parte das testemunhas não foram ouvidas pelo delegado responsável, que teria assumido o caso com as investigações em andamento.

Magno Malta ainda observou que o pedido de prisão preventiva foi feito pelo Ministério Público por orientação da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), e aceito pelo juiz da Comarca de São João de Meriti sem que houvessem provas materiais contra o pastor Marcos Pereira.

Em seu discurso, o senador Magno Malta observou ainda que há gravações de integrantes do AfroReggae orquestrando depoimentos para acusar Marcos Pereira, e ressaltou que a falsa comunicação de crime no Brasil é um crime previsto em lei, mas os integrantes do AfroReggae não estão sendo investigados por isso.

Malta comentou as gravações feitas com diálogos picantes permeados de termos chulos que supostamente comprovariam um caso extraconjugal de Marcos Pereira dizendo que “fica feio para um pastor” ser gravado falando “sacanagem”, mas observou que isso “não manda prender” ninguém. O senador ainda frisou que, caso se prove que Marcos Pereira estuprou alguma das mulheres mencionadas no inquérito, ele deve “apodrecer na cadeia”.


Leia a íntegra da nota divulgada pela ADUD sobre a gravação supostamente “forjada”:


Gravação forjada e mentirosa contra o Pr. Marcos Pereira não abala povo de Deus.

A Assembléia de Deus dos Últimos Dias repudia qualquer arma forjada e divulgada com a única intenção de manipular a opinião pública.

Há alguns dias a imprensa divulgou uma gravação sem embasamento legal e sem perícia técnica. Tal atitude deixa mais claro que existe um “esquema” para denegrir e escandalizar a nossa amada igreja. Tirar o foco da falta de provas, da incompetência técnica, da negação da defesa parece ser o objetivo atual do “esquema”.

O pastor Marcos Pereira é inocente, e palavras chulas numa gravação sem nenhuma autenticidade não vai mudar isto!

Vejam os pronunciamentos do Deputado Paulo Ramos e do Senador Magno Malta, das supostas vítimas arroladas no inquérito que sequer foram ouvidas pelos investigadores.

Ouçam os acusadores que se dizem coagidos, escancaradamente coagindo as testemunhas. Há uma inversão de papeis nesse “esquema”.

A ADUD convida o leitor a fazer a sua própria perícia no áudio divulgado, a questionar por que não há NENHUMA prova que incrimine nosso pastor em mais de 14 meses de investigação e por que ele está preso.

Hoje é o nosso amado Pastor Marcos Pereira que está sendo perseguido. Amanhã poderá ser aquele homem de Deus que ministra sua vida todos os dias…seu pastor!

A Democracia, o Estado de Direito, a Liberdade Religiosa e a própria Constituição estão sendo afrontadas nesse caso.

Não deixem que a vontade de um pequeno grupo de pessoas seja maior do que a verdade.

Vamos buscar nosso direito de defesa!

Não vamos entregar nossa Democracia assim tão facilmente.

Pelos nossos filhos, pelos nossos netos… Pelo nosso País! Pela Verdade! Por uma imprensa livre de interesses!

Nosso querido pastor Marcos Pereira da Silva é inocente de TODAS as acusações imputadas.

Vamos orar, pedir a Deus que a verdade e a liberdade do Pastor Marcos Pereira venham logo, pois o Povo de Deus não aguenta mais essa injustiça.

Vamos orar pela Justiça!

#LiberdadePastorMarcosPereira



Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br/

Crime de intolerância: vizinho mata família evangélica por discordar de opção religiosa


Crime de intolerância: vizinho mata família evangélica por discordar de opção religiosa

Uma família foi morta a facadas por um vizinho que não concordava com a opção religiosa deles, que eram evangélicos.

O rapaz, que segundo a Polícia Militar estava transtornado, invadiu a residência dos vizinhos e desferiu golpes contra todos os que estavam na casa: o pai, a mãe, e os dois filhos do casal, de um e três anos de idade.

Um terceiro filho do casal, de 10 anos, que estava na escola na hora do ataque, escapou sem ferimentos. A menina de três anos foi salva pela mãe, que correu após sofrerem os primeiros golpes.

Na fuga, a mãe que carregava filha avistou uma viatura da Polícia Militar e pediu ajuda. Os policiais localizaram o suspeito que se rendeu e demonstrava estar desorientado. Socorridas, mãe e filha foram levadas ao hospital, com ferimentos graves. Entretanto, mesmo passando por uma cirurgia, a mãe não resistiu.

O rapaz que realizou o ataque e o pai da família que foi atacada eram sócios numa loja de móveis, mas o motivo do surto que resultou na morte das três pessoas foi a discordância dele em relação à religião praticada pelo amigo.

Na delegacia, o rapaz afirmou que não concordava com o fato de eles serem evangélicos e que não se arrependia de tê-los matado.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Assista o vídeo neste link: Reportagem 

Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br/

terça-feira, 28 de maio de 2013

Igrejas 2.0: o uso das novas tecnologias para ampliar o alcance da Palavra do Evangelho através de vídeos na internet


Igrejas 2.0: o uso das novas tecnologias para ampliar o alcance da Palavra do Evangelho através de vídeos na internet

Atualmente, as novas tecnologias e redes sociais tem sido ferramentas de evangelismo bastante úteis às igrejas evangélicas que despertaram para essas possibilidades. A ideia de veicular na web as pregações e cultos ministrados semanalmente tem sido bastante utilizada pelas chamadas Igrejas 2.0, que buscam ampliar o alcance da Palavra do Evangelho usando tecnologia a seu favor.

Entretanto, boa parte dos equipamentos necessários para que uma igreja de pequeno e médio porte pudesse publicar online suas ministrações eram inacessíveis devido ao alto custo.

A Avermedia, multinacional especializada em tecnologia audiovisual acaba de lançar no Brasil uma placa de captura de imagens, que pode ser usada para gravação e publicação de imagens.

Com a HD EzRecorder é possível publicar imagens de pregações e ministrações das equipes de louvor em canais de vídeos, com o Youtube e Vimeo, por exemplo. Para isso, basta ligar a câmera à placa e armazenar o conteúdo no formato desejado, para depois publicar o conteúdo na web, permitindo que aquela mensagem possa ser vista por quem não pode comparecer ao culto, ou revista por quem deseja ser novamente impactado por ela.

Além disso, a multifuncionalidade da placa permite gravar programas transmitidos pela TV, com funções de agendamento. Assim, pregações e programas evangélicos transmitidos em horários alternativos podem ser gravados a partir de um agendamento programado.

Posteriormente, os vídeos de programas evangélicos e mensagens gravadas através da HD EzRecorder podem ser usados como material de estudo em Escolas Bíblicas e até grupos de estudos, de forma a contribuir com o conhecimento bíblico e crescimento espiritual da congregação.

As novas tecnologias de captação de imagens se tornaram mais acessíveis com os equipamentos da Avermedia, que pode atender a projetos multimídia de pequenas, médias e até grande igrejas.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br/

domingo, 19 de maio de 2013

COMO SER FELIZ NESTE MUNDO

BLOG COMO SER FELIZ NESTE MUNDO



Líder evangélico é assassinado na frente de sua família na Nigéria


Líder evangélico é assassinado na frente de sua família na Nigéria

Na última semana, o pastor Faye Pama Musa, secretário da Associação Cristã da Nigéria e um dos líderes cristãos mais populares do país foi assassinado dentro de sua casa, diante de sua família. As autoridades do país acreditam que o ataque ao líder protestante tenha sido mais uma ação do grupo radical islâmico Boko Haram, responsável pela morte de centenas de cristãos no país.

- O reverendo Faye Pama Musa foi assassinado na terça-feira. Ele era Secretário da Associação Cristã da Nigéria, no estado de Borno – declarou Jerry Dykstra, porta-voz do ministério Open Doors (Portas Abertas) nos Estados Unidos.

- Homens armados subiram pelo muro e entraram em sua casa e efetuaram disparos nele… Sabemos que o movimento radical Boko Haram quer matar os cristãos – afirmou Marco Lipdo, diretor da Fundação Stefanos, à imprensa. De acordo com o Mundo Cristiano, ele ressaltou ainda que o cargo de Faye pode ser um dos fatores relevantes para que o grupo quisesse acabar com sua vida.

A onda de violência contra cristãos no país fez com que o presidente nigeriano Goodluck Jonathan decretasse situação de emergência em três estados. O presidente, que é cristão, deu ordens para que as forças armadas se posicionem para combater principalmente o Boko Haram e tentem conter as investidas do grupo contra os cristãos.

De acordo com o Portal Padom, o Presidente Nacional do Partido Democrático Popular, Alhaji Bamanga Tukur, explicou a decisão de impor o estado de emergência, dizendo se tratar de uma medida que tem como objetivo evitar que “os terroristas” proclamassem a separação do nordeste e a criação de um Estado próprio.

Por Dan Martins, para o Gospel+

Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br/

sábado, 18 de maio de 2013

Gravação mostra membros do AfroReggae supostamente coagindo testemunhas a acusar o pastor Marcos Pereira de estupro, diz ADUD; Assista


Gravação mostra membros do AfroReggae supostamente coagindo testemunhas a acusar o pastor Marcos Pereira de estupro, diz ADUD; Assista

Após uma das supostas vítimas do caso Marcos Pereira gravar um depoimento desmentindo as acusações feitas contra o pastor, um novo vídeo foi publicado pela Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD) em seu canal no Youtube.

A mulher, identificada como Andréia Sampaio, gravou um depoimento ao lado de seu esposo, Márcio Nascimento, sua filha (menor de idade e inicialmente apontada como uma das vítimas), e seu filho, David Nascimento, que foi arrolado como testemunha no inquérito aberto pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD).

No vídeo, a família relata ter sido vítima de uma coação por parte de integrantes do AfroReggae, entre eles o pastor Rogério Menezes, e um homem identificado como Gaúcho. Como prova da coação, apresentaram uma gravação feita por Márcio Nascimento (o esposo da suposta vítima).

Segundo Márcio, ele foi procurado pelo pastor Rogério Menezes, que afirmou que sua esposa e sua filha haviam sido estupradas pelo pastor Marcos Pereira. Como desconfiou da história, decidiu gravar a conversa que teria com os integrantes do AfroReggae num encontro marcado.

Após gravar a conversa, permeada de afirmações de que o objetivo era “acabar” com Marcos Pereira, Márcio resolveu levar sua filha a um ginecologista, para fazer um exame clínico a fim de constatar se ela ainda era virgem ou não. Como o exame comprovou a virgindade da jovem, Márcio Nascimento afirma ter tido certeza que tratava-se de uma armação.

Andréia, que é apontada como vítima de estupro e testemunha no inquérito, afirma que se seu marido tivesse dado ouvidos aos integrantes do AfroReggae, a “destruição” teria assolado sua família.

David Nascimento, filho do casal, afirma que recebeu oferta de emprego no AfroReggae, e que no seu primeiro dia de trabalho, foi levado pelos responsáveis pela ONG à DCOD. Entre eles, estavam José Júnior (diretor do AfroReggae e desafeto de Marcos Pereira) e uma mulher identificada como Zeneide, que seria uma das acusadoras do pastor Marcos Pereira.

Durante o depoimento, David disse ter ficado assustado pela forma como os dois falavam do pastor, e que o escrivão da DCOD anotava o que Júnior e Zeneide falavam, como se fossem declarações do próprio David.

O vídeo publicado pela ADUD não apresenta a gravação feita por Márcio Nascimento em sua íntegra, e insere trechos em meio aos depoimentos da família. Confira:



Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br/

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Pastor Marco Feliciano Desabafa - COVARDES! Cadê a Igreja e Cantores Gospel?

Marco Feliciano desabafa e pede ajuda à Igreja e Cantores para que se Posicionem

Até o momento, a Cantora Perlla (ex-fukeira) e o cantor Lázro foram os únicos que tiveram coragem e se pronunciaram publicamente. Veja nos links mais abaixo.... 
Mas e os demais cantores, são covardes ou não querem perder seus shows? 
Cadê os grandes nomes do Gospel? Os grandes nomes do meio secular tem coragem de defender o que pensam, porquê os cristãos não tem a mesma coragem de defender a fé, a igreja de Cristo, o evangelho, a bíblia? Certamete é o fim, e vemos que o amor de muitos de fato está se esfriando, pois um nome na mídia, uma fama, uma agenda vale mais do que defender os princípios morais da família, da vida, da fé, e qual "Pedro", se dizem amigos de Jesus, mas nessa hora, vemos que os que se dizem amigos, passam a fazer papel de "Judas".


Defendendo o Pastor Marcos Pereira Waguinho mostra a verdadeira face da história 09/05/2013

O pastor Waguinho esteve nesta quinta-feira (9) participando de um programa da Rádio Melodia, no Rio de Janeiro, comentado sobre a prisão do pastor Marcos Pereira, líder da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD).
O cantor que é membro da igreja explicou que a imprensa tem massacrado não apenas o líder como a ADUD. "O que podemos dizer é que foram feitas algumas acusações e denúncias contra o pastor Marcos a mais de um ano atrás e que até o momento nada foi provado".
Waguinho lembra que os denunciantes são ex-membros da ADUD, pessoas que foram restauradas através dos trabalhos da igreja e que acabaram saindo da igreja. "Não tem uma prova que comprove essas denúncias", disse ele sobre os mandatos de prisão.
Há seis denúncias de supostos abusos sexuais cometidos por Marcos Pereira. Um deles, de acordo com a imprensa que teve acesso ao processo, seria a denúncia da ex-esposa do pastor. Porém, o cantor informa que Ana Madureira da Silva, citada como uma das vítimas, está casada com o pastor há mais de 30 anos e com ele tem dois filhos.
"Para você ter uma ideia das acusações infundadas que estão sendo feitas", disse o cantor. A esposa e os filhos de Marcos Pereira estiveram na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro para conversar com os deputados a respeito da injustiça que foi feita com o líder da ADUD.
Em determinado momento Waguinho chegou a se emocionar e a enviar um recado ao pastor que está preso, dizendo que ele é muito amado por ele e por todos os membros da igreja.
Diversas acusações foram explicadas pelo cantor, entre elas as acusações de uma ex-membro que foi assassinada e que o primo do pastor estaria preso por ter participado da morte. O caso do apartamento em Copacabana, Waguinho diz que a mulher que afirma ter sido abusada sexualmente dentro do apartamento saiu da ADUD em 2005, porém o imóvel só foi doado para a igreja em 2011


Bomba! Esposa do pastor Marcos Pereira revela a verdade -

Depoimento exclusivo de Ana Madureira da Silva esposa do pastor Marcos Pereira da Silva Madureira



PASTOR MARCOS PEREIRA É VITIMA DE INVEJA E MENTIRAS - VEJA NA INTEGRA O VÍDEO

A suposta vítima arrolada no inquérito, Dona Elisângela, prestou depoimento na Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro na presença de deputados e servidores no dia 14/05/2013 e no Ministério Público no dia seguinte, desmentindo todas as acusações anteriores.

Acabou a Farsa!
Suposta vítima inocenta pastor Marcos Pereira.

Acabou a farsa! A suposta vítima de estupro inocenta pastor Marcos Pereira - ESTAVA EM MACAÉ RJ

A suposta vítima arrolada no inquérito, Dona Elisângela, prestou depoimento na Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro na presença de deputados e servidores no dia 14/05/2013 e no Ministério Público no dia seguinte, desmentindo todas as acusações anteriores.

Acabou a Farsa!
Suposta vítima inocenta pastor Marcos Pereira.

terça-feira, 14 de maio de 2013

Pastor Marcos Pereira concede entrevista e fala sobre a prisão e acusações: “A única relação que mantive com elas foi espiritual”


Pastor Marcos Pereira concede entrevista e fala sobre a prisão e acusações: “A única relação que mantive com elas foi espiritual”

Preso desde a última terça-feira (07), o pastor Marcos Pereira presidente da Assembleia de Deus dos Últimos Dias, negou em entrevista as acusações de que teria obrigado fiéis de sua igreja a manter relações sexuais com ele.

Em entrevista concedida ao jornal Folha de S.Paulo através de seu advogado, Pereira se defendeu dizendo que nunca teve envolvimento sexual com frequentadoras da igreja que lidera, e refutou também as acusações de seu suposto envolvimento com o tráfico de drogas.

- Eu jamais me envolvi sexualmente com fiéis. A única relação que mantive com elas foi espiritual. Todo homem, seja pastor ou não, sente desejos carnais, mas tenho a minha esposa para satisfazê-los – afirmou o líder religioso, que rebateu também as acusações de que teria como braço direito uma irmã do traficante Márcio Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, apontado como chefe do tráfico no complexo do Alemão.

- A ligação com ele [Marcinho VP] era para ganhar a família toda para Jesus – disse o pastor, que confirmou ter visitado o traficante duas vezes, em um presídio federal.

O pastor disse também que está utilizando seu tempo livre no presídio para pregar para os outros detentos. Apesar de estar proibido de realizar cultos dentro da penitenciária, o pastor, segundo seu advogado, Marcelo Patrício, estaria fazendo orações e “curas” de detentos no pátio do local.

- Ele não tem feito culto (está proibido). No pátio, faz uma oração a pedido dos próprios presos. O pastou já orou para o filho de um detento que está desaparecido e também converteu um rapaz que estava com uma dor muito forte, uma íngua (excesso de líquido num gânglio) na cintura. O pastor orou e a dor passou, e ele se converteu na hora. O rapaz chorou muito – afirmou o advogado.

De acordo com a Secretaria estadual de Administração Penitenciária, a rotina do pastor Marcos é a mesma de qualquer outro preso do sistema.

Por Dan Martins, para o Gospel+

Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br/

domingo, 12 de maio de 2013

Pastor Silas Malafaia comenta prisão de Marcos Pereira e diz que não sairá em defesa do pastor: “Não sou criança nem irresponsável”


Pastor Silas Malafaia comenta prisão de Marcos Pereira e diz que não sairá em defesa do pastor: “Não sou criança nem irresponsável”

No fim da última semana o pastor Silas Malafaia comentou a prisão do pastor Marcos Pereira, da igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD). Em uma série de publicações feitas no Twitter, Malafaia defende que não se pode generalizar o erro de um líder religioso para toda sua classe, e afirma que não irá defender nem acusar o suspeito.

De acordo com as publicações de Malafaia, a prisão do líder da ADUD estaria sendo utilizada para atribuir sua conduta incorreta a todos os outros pastores.

- Analisem a incoerência daqueles q nos odeiam. Judas foi escolhido por Jesus para um cargo de confiança. Roubou, trapaceou, se corrompeu… Jesus foi responsável pela incoerência de Judas? Claro q ñ. Ele era livre para fazer suas escolhas, pagou caro por escolher o errado. Quer dizer q se um pastor errar todos são errados? Claro q ñ. O raciocínio dessa gente q nos odeia é simplesmente ridículo e medíocre. (sic) – afirmou o pastor,

- Ñ julgo nem defendo ninguém pelo q a imprensa diz, conheço o jogo perverso de interesses escusos q estão por trás. ñ tenho domínio dos fatos. Quem estiver errado diante da lei q pague, seja pastor, padre ou você q é massa de manobra da opinião publicada, e nos chama de ignorantes. Como posso acusar ou defender alguém se ñ tenho domínio dos fatos? Ñ sou criança nem irresponsável. Sou vitima de calunias, ñ vou cair nessa. (sic) – completou Malafaia, deixando clara sua neutralidade no caso.

Silas Malafaia insinuou ainda que aqueles que acreditam cegamente nas notícias publicadas a respeito do caso de Pereira seriam “um bando de manipulados pela opinião pública”, e comparou a grande repercussão da prisão do pastor com casos envolvendo homossexuais que tiveram menos apelo na mídia.

- Os q nos chamam de ignorantes e se julgam tão inteligentes e independentes, ñ passam de um bando de manipulados pela opinião publicada. Um gay em Sta Catarina abusava de crianças a anos, a imprensa mal falou do caso, vamos ver quantos dias vão falar do caso do pastor. (sic) – detalhou.

Malafaia retransmitiu ainda mensagens de seguidores na rede social que questionavam a suposta presença da imprensa no momento da prisão de Marcos Pereira, insinuando se tratar de uma armação, e também o posicionamento da imprensa no caso, com muitos veículos de comunicação lembrando das relações de Pereira com Marco Feliciano, e até mesmo com ele.

Silas Malafaia é apontado por muitos como o “responsável” pela conversão de Marcos Pereira. Porém, o líder religioso enfatiza que não tem contato com o pastor. De acordo com a revista Veja, Malafaia diz também que nem a religião nem os projetos sociais aliviam as acusações contra Pereira.

- Se for verdade, vou lamentar profundamente, mas ele terá de pagar, como qualquer pessoa que comete um ato monstruoso desse – afirmou o presidente da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, ele conta que ouviu de Pereira que foi graças a uma pregação sua, há cerca de 15 anos, que o pastor decidiu “entregar sua vida” a Cristo. Depois, não tiveram mais muito contato. Malafaia sabe e elogia os projetos de Pereira com presos e drogados, mas ressalta que isso não alivia as acusações que recaem sobre ele. “Nada justifica”, enfatiza.

- Repito, quem estiver errado q pague, ñ julgo ninguém pela imprensa. ñ defendo pessoas simplesmente porque conheço ou são cristãos. (sic) – ressaltou Malafaia que, respondendo às críticas que o acusavam por conhecer Pereira, completou: – Se você conhece alguém q é bandido, segundo eles, você é bandido também. Deixa rir desses medíocres.

- Pode algum pastor falhar, errar, a igreja de Jesus é invencível, vai continuar crescendo. Nossa fé ñ esta baseada em homens, e sim, em Deus. – finalizou Silas Malafaia na rede social.

Por Dan Martins, para o Gospel+

Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br/

PASTOR MARCO FELICIANO FAZ DEFESA DO PASTOR MARCO PEREIRA E DO PASTOR SILAS MALAFAIA



DEFESA DO PR.MARCOS PEREIRA E DO PASTOR SILAS MALAFAIA